Destaque
Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista


Status, novidade ou utilidade? Entre Kawasaki Ninja 250, Honda CB 300R e Yamaha Fazer 250 há muito mais em comum do que você possa imaginar.

cb fazer ninja lado Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

Observe estes três modelos e veja que interessante: têm cilindrada equivalente, servem para levar e trazer pessoas ou simplesmente para curtir o melhor que a vida pode oferecer. Embora sejam simplesmente motocicletas, cada uma oferece um sabor diferente na pilotagem, no uso e, claro, no bolso. A mais apimentada deste trio é a Kawasaki Ninja 250, que entrou no teste com as duas mais vendidas para provar na pista se realmente é a mais esportiva. A recém-lançada Honda CB 300R tenta oferecer um pouco deste paladar, revelando um design dos mais esportivos entre os produtos nacionais de baixa cilindrada (a Ninja é importada), enquanto a Yamaha Fazer 250 e sua receita arroz-com-feijão pode ser a opção daqueles que precisam, simplesmente, de eficiência. Para saboreá-las, colocamos as panelas no fogo, abrimos o gás e descobrimos que as diferenças são menores do que os desenhos sugerem. Se você não acredita veja abaixo.

Nosso comparativo foi fundo. Passamos um dia inteiro no autódromo do ECPA, em Piracicaba (SP); andamos também por ruas e estradas, com e sem garupa, freamos, deitamos, raspamos joelho, pedaleira e até escapamento no chão. Só não fizemos crash-test. Nas voltas rápidas com as três motos, confesso que quase fui ao chão com a Kawasaki. E a partir dai começaram as primeiras conclusões. E conclusões inéditas, até para os especialistas que participaram deste teste (me ajudaram os pilotos Francis Vieira e Leandro Mello). A Kawasaki Ninja 250 não é tão esportiva quanto suas linhas sugerem. Em segundo lugar, a Honda CB 300R não é tão mais rápida que a antiga Twister 250 e, por último, a Fazer 250 se mostrou mais fácil de pilotar que qualquer outra rival. Justiça seja feita, até mesmo porque olhando estes modelos a Fazer já acena desvantagem. A Yamaha se limitou às mudanças exigidas pelo programa de redução de emissões, usando catalizador e sonda lambda no escapamento, além da reprogramação do sistema de injeção. Para resumir, em uso a nova Fazer está quase igual às produzidas até 2008.

paineis Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

Já o problema na Ninja é custar R$ 18.880, quase o equivalente a duas Fazer 250 (R$ 10.950). E cá entre nós, ela não é duas vezes mais esportiva que o modelo da Yamaha, a menos que o critério seja visual. A Honda tem valor sugerido de R$ 11.490 em média é vendida por R$ 12.500. Para comprovar essa questão de esportividade avaliamos as três concorrentes, monitoradas com cronômetro e GPS, em voltas rápidas. Nesta volta rápida, simulamos o que você poderia fazer, por exemplo, numa estrada sinuosa de serra, naqueles dias em que está atrasado para uma entrevista de emprego.

Veja que surpresa. Com 12 cv a mais que a Fazer e quase 7 cv a mais que a Honda (com motor 300cc), a carenada e esportiva Ninjinha não foi tão mais rápida como imaginamos. Leandro Mello fez a volta mais rápida com a verdíssima Kawa em 39,5 segundos, contra 39,7 segundos da CB 300R e, logo atrás, 40,3 segundos da Fazer 250. Entre a primeira colocada, a Kawasaki 250, e a última, a Fazer 250, se passaram apenas 8 décimos de segundo, tempo inferior ao que você levou para ler esta frase. Certo que o autódromo do ECPA é bem travado, com curvas de baixa velocidade seguidas de pequenas retas, mas o fato da CB é da própria Fazer estarem tão perto da Kawasaki sugere o seguinte: no anda-e-pára dos grandes centros, entre retomadas e freadas, aplausos à ciclística acertada das nacionais CB e Fazer.

garupa Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

O segredo da Ninja

Esqueça aquela história de que motor em V é bom para se obter torque, em linha é melhor para potência e assim por diante. Na verdade, a potência gerada por um motor corresponde à quantidade de energia produzida em um intervalo de tempo. É por isso que os engenheiros buscam cada vez mais rotações em seus propulsores. Na MotoGP, algumas unidades já chegam a 19.000 rotações por minuto. Girando mais, consegue-se produzir mais energia. A 19.000 giros, um motor de 4 tempos produz 158 ciclos de energia por segundo. Este mesmo propulsor funcionando a 1.000 giros, por exemplo, gera somente 8,3 ciclos energéticos por segundo. Percebeu a pequena (grande) diferença?

Em teoria, um motor “girador” é mais potente que outro similar que gira menos. Dizem os especialistas que o motor não gera potência, e sim torque. É quase verdade, porque o número de potência é uma resultante entre a rotação versus o torque, mas isso é assunto para outra reportagem.

O fato é que a Kawasaki se aproveitou dessa lei para gerar mais potência. Ela simplesmente aumentou a potência gerando mais rotações. Parece simples, mas não. Para tanto, tem dois cilindros, cada um com quatro válvulas (duas de admissão e duas de escapamento) e conta com uma capacidade de aspiração de ar bem maior. Tudo isso é fruto de um trabalho focado, não adianta “estourar” as rotações segurando o acelerador que a potência não aparecerá do nada.

ninja freiando Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

E tem ainda outro problema: quanto mais rotações, menor a faixa de torque. O motor foi projetado para isso (não dá para ganhar todas…) e os números não mentem. Medidos em GPS, obtivemos os seguintes resultados nas retomadas entre 40km/h e 80 km/h: 12,8 segundos para Kawasaki, 10,2 segundos para Fazer e 9,2 segundos para CB 300R. O motor da Ninja não é mais potente? Sim, e bem mais potente. Mas a diferença de potência só se dá em altos giros, como em qualquer outra esportiva. Fazer, e principalmente a CB, têm mais agilidade em baixa rotação.

É certo que não existe nada no Brasil que consiga trazer o patamar das superesportivas para, digamos, algo palpável. Palpável, na verdade, para quem está disposto a investir quase R$ 19 mil na compra de uma motocicleta de 250 cc. A Kawasaki, fora todos seus adjetivos estéticos e dinâmicos, é a única das três capaz de suportar velocidade até 160 km/h reais (CB e Fazer estacionam a 132 km/h). E nada de garupa, que não conta sequer com apoios para as mãos. Neste aspecto, aliás, aplausos para a Fazer, cujo formato do banco é mais confortável para o garupa. A Kawasaki Ninja 250, com seu motor de 33 cv, é sinônimo de potência e status, enquanto a Honda CB 300R é puro design. A Fazer, por sua vez, prioriza a utilidade. Faz quase tudo o que as outras permitem mas custa menos.

pista ecpa Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

Números do teste no ECPA


NINJA 250 CB 300R FAZER 250
Peso: 152 kg 143 kg 137 kg
Potência: 33 cc 26,5 cv 20,7 cv
0 a 100 km/h: 10,1 s 10,8 s 12,5 s
Máx. na reta: 120 km/h 114 km/h 110 km/h
Retomada 40-60 km/h: 6,2 s 4,7 s 5,0 s
Retomada 60-80 km/h: 6,6 s 4,5 s 5,25 s
Retomada 40-80 km/h: 12,8 9,2 s 10,2 s
Curva 1: 78 km/h 81 km/h 81 km/h
Curva 2: 97 km/h 100 km/h 97 km/h
Curva 3: 105 km/h 101 km/h 99 km/h
Curva 4: 69 km/h 66 km/h 61 km/h
Frenagem 40 km/h: 5,9 metros 6,1 metros 6,8 metros
Frenagem 60 km/h: 10,5 metros 11,4 metros 11,5 metros
Frenagem 80 km/h: 18,5 metros 2o,1 metros 19,8 metros
ninja cb fazer tras Comparativo CB 300R x Fazer 250 x Ninja 250 na pista

FICHA TÉCNICA KAWASAKI NINJA 250R

MOTOR
249cc, dois cilindros paralelos, quatro válvulas por cilindro, duplo comando no cabeçote (DOHC) e refrigeração líquida Diâmetro x curso: 62 mm x 41,2 mm Taxa de compressão: 11,6: 1 Potência: 33 cv a 11.000 rpm Torque: 2,24 kgf.m a 8.200 rpm Alimentação: carburadores Câmbio: seis marchas

CICLÍSTICA
Quadro: aço Suspensões: garfo telescópico na dianteira e monoamortecida a gás com cinco regulagens de pré-carga na traseira Pneus: 110/70-17 na dianteira e 130/70-17 na traseira

FREIOS
Dianteira: disco de 290 mm e pinça de dois pistões
Traseira: disco de 220 mm e pinça de dois pistões

DIMENSÕES / PESO
Comprimento: 2.085 mm Largura: 715 mm Altura do banco: 790 mm Altura total: 1.115 mm Altura livre do solo: 135 mm Entre-eixos: 1.400 mm Peso: 152 kg (a seco) Tanque de combustível: 17 litros

ONDE ENCOTRAR
www.kawasakibrasil.com.br
Preço médio:
R$ 15.550 (preço nacionalizado)

FICHA TÉCNICA HONDA CB 300R

MOTOR
291,6cc, um cilindro, quatro válvulas, duplo comando no cabeçote (DOHC) e refrigeração a ar Diâmetro x curso: 79 mm x 59,5 mm Taxa de compressão: 9,0: 1 Potência: 26,53 cv a 7.500 rpm Torque: 2,81 kgf.m a 6.000 rpm Alimentação: injeção eletrônica Câmbio: cinco marchas

CICLÍSTICA
Quadro: berço semiduplo Suspensões: garfo telescópico com 130 mm de curso na dianteira e monoamortecida com 105 mm de curso na traseira Pneus: 110/70-17 na dianteira e 140/70-17 na traseira

FREIOS
Dianteira: disco de 276 mm e pinça de dois pistões
Traseira: tambor de 130 mm

DIMENSÕES / PESO
Comprimento: 2.085 mm Largura: 745 mm Altura do banco: 781 mm Altura total: 1.040 mm Altura livre do solo: n.d Entre-eixos: 1.402 mm Peso: 143 kg (a seco) Tanque de combustível: 18 litros

ONDE ENCOTRAR
www.honda.com.br
Preço médio: R$ 12.500

FICHA TÉCNICA YAMAHA FAZER 250

MOTOR
249cc, um cilindro, duas válvulas, comando simples no cabeçote (OHC) e refrigeração a ar e óleo Diâmetro x curso: 74 mm x 58 mm Taxa de compressão: 9,8: 1 Potência: 20,7 cv a 7.500 rpm Torque: 2,1 kgf.m a 6.500 rpm Alimentação: injeção eletrônica denso Câmbio: cinco marchas

CICLÍSTICA
Quadro: berço duplo Suspensões: garfo telescópico com 120 mm de curso na dianteira e monoamortecida com cinco regulagens na traseira e 120 mm de curso Pneus: 110/80-17 na dianteira e 130/70-17 na traseira

FREIOS
Dianteira:
disco de 282 mm e pinça de dois pistões
Traseira: tambor de 130 mm

DIMENSÕES / PESO
Comprimento: 2.025 mm Largura: 745 mm Altura do banco: 805 mm Altura total: 1.060 mm Altura livre do solo: n.d Entre-eixos: 1.360 mm Peso: 137 kg (a seco) Tanque de combustível: 19,2 litros

ONDE ENCOTRAR
www.yamaha-motor.com.br
Preço médio:
R$ 10.950

Fonte:
Revista Duas Rodas

Related Images:

Emoção sobre duas rodas

280 Comments
Hudson Molleta

agosto 17, 2009 19:04 Responder

Foquei decepcionado com o desempenho da Ninjinha, principalmente na parte de retomadas, eles foram feitos com o motor cheio? Ou utilizando apenas o torque do motor?
outro detalhe qual foi o consumo médio das 3 motos?

Relação Peso/Potencia
Ninja = 177/33 = 5,36
CB300R = 143/26,5 = 5,39
Fazer = 137/20,7 = 6,61

Talvez seja por issu que a CB300 ficou tão próxima no quesito voltar rápida e com um torque maior se deu melhor nas retomadas.
Estava louco pra comprar um Ninja250 ou nova Comet GT250 EFI, talvez ainda compre mas será apenas por diversão e status!!! Que pena!!!

    Hudson Molleta

    agosto 17, 2009 19:09 Responder

    A Releção da Nija é 170kg / 33cv = 5,15.
    Sorry.
      H2ribeiro

      fevereiro 22, 2010 18:45 Responder

      177/33= 5,15???? qual calculadora esta usando?????
        Joao

        fevereiro 26, 2012 15:32 Responder

        É 170 / 33 e não 177 / 33 que dão os 5,15
    Plinio

    março 26, 2010 03:04 Responder

    Moto é a minha, CB 500, amarra ataz…
    daniel

    agosto 21, 2010 08:52 Responder

    eu tenho uma ninjinha e achei uma piada esse teste ja tirei pega com essas motos e não deu nem pro cheiro 165 km/h em linha reta e 180 km/h em baixadinhas esse teste é uma piada !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      Eduardo

      maio 16, 2011 18:52 Responder

      Eles deram a velocidade real e não a do ponteiro e pega na rua depende de piloto (abilidade, peso, reflexo), gasolina de cada moto (comum/aditivada, premium, tanque cheio, vazio), temperatura do motor, etc,etc,etc…
        adriano

        setembro 23, 2011 00:18 Responder

        boa cara ja vi que vc entende de moto tudo que vc falou é verdade braço do piloto tanque e a gasolina gostei
      Mason Arruda

      novembro 1, 2011 19:47 Responder

      concordo com voce!!
      olhem esse video

      a ninja da 165 mesmo na reta
      e dependendo da decida ela da 200 km/h
      se tao duvidando tem um video ke prova..

      PUTS QUE COMPARATIVO MAIS BIZARRO HEM ¬¬”’

      alessandro

      março 31, 2012 17:46 Responder

      esses caras ai tao puxando o saco da honda!
    Ronaldo

    maio 22, 2011 23:20 Responder

    Olá galera, olha eu comprei uma feiser 2011 e estou super satisfeito em tudo, pois é muito boa para dirigir……Bem vejo que escolhi mesmo a moto certa. Valeu
ziltannan fernandes

agosto 20, 2009 15:04 Responder

a ninjinha hein!!!!!!!!!!!!! que decepção,,,pensei que andava muito mais que as outras,,,faltou a kasinsk gtr 250 comet para o teste ficar mais completo, e o consumo……..
    marcelo

    outubro 25, 2009 15:58 Responder

    por isso que eu me orgulho de ter comprado a fazer, tive sorte
    Fabio

    janeiro 29, 2010 17:56 Responder

    lamento amigo mas ja tive a Fazer e agora tenho a ninja, nem da pra comparar as duas ninja boa demais, esse teste comedia, ainda mais feito em circuito fechado, pegue uma 125 de competicao e uma 1000 no circuito fechado a diferença vai ser de um segundo uma da outra
      Maickel

      fevereiro 12, 2010 23:56 Responder

      Tô com o Fábio! E o circuito tem pouco mais de 1 km, vai pra um circuito maior pra ver!
      André

      outubro 10, 2011 10:48 Responder

      Amigo, estamos falando de velocidade real e não a do mostrador da motocicleta.
gilberto

agosto 20, 2009 18:44 Responder

FALTOU COLOCAR O COMPARATIVO COM A COMET GTR EFI 2010,GOSTARIA MTO DE VER O COMPARATIVO DAS DUAS NESSA NOVA VERSAO DA COMET INJEÇAO ELETRONICA,PQ COM A ANTIGA JA TEM .
    francisluz

    agosto 20, 2009 18:47 Responder

    Blza Gilberto, tbm acho que falou a comet nova nesse comparativo, mas deve ter tido algum motivo especial para isso não ter acontecido, mas assim que sair alguma coisa eu coloco aqui.

    abrs

Fabio Henrique

agosto 23, 2009 15:18 Responder

Nos meus 20 anos pilotando motos, eu nunca tive uma Yamaha, sempre motos da Honda.
Qual foi minha surpresa ao ser presenteado com uma Fazer 250cc, na hora fiz uma cara meio desconfiado mas fui dar uma voltinha p experimentar.Adorei a moto e acho que vou ficar com ela muito tempo a Yamaha me surpreendeu!!!!
Quanto a Ninjinha, nada à declarar, cb 300cc é muito linda mas vou esperar a Fazer 300cc ou quem sabe 350cc.
Abraços!
    wesley asevedo

    agosto 23, 2009 23:31 Responder

    ^^…. eu tenho uma fan 125….. e vo compra uma cb 300…. eu tinha ficado com o pé atraz…mas agora acho q fiz a coisa certa…. oolha meu ponto de vista…. vou consorcia … fui ver o consrocio da Fazer 250….tava 36 X 389,80…. contra 36 de 403 da CB 300…… eu pensei e repensei…achei q a moto tava faltando muitas coisas ( freio a disco, tampa…piscas,) mas acho q a cb 300 vai te mais custo beneficio pra min…. mais facil de revenda….e ainda ta com visual muito bom…. e agora me animei com esses testes…. abraço
    Paulo / Taquaritinga-SP

    março 23, 2010 01:11 Responder

    É Fabio…nesses vinte anos de moto que vc tem, nao aprendeu que moto esportiva é kawasaki, FAZER o que né?
Rafael Vieira

agosto 24, 2009 13:38 Responder

Gente, ja vi varios videos na internet com ninja dando 0-100 em 7 segungos, nao 10 como esta no teste, e da 160 brincando.

Posso estar cego de paixao pela moto, como pode se dizer, mas senti um gostinho pra desacreditar a moto. So ir no youtube e ver. E so ir no site da Kawasaki o peso dela eh 152 kg nao 170…

Estranho nao?

E descupem se pareci aqueles fanaticos.
Att
Rafael Viera

    junior

    janeiro 26, 2010 00:42 Responder

    Tenho a ninjinha ja xeguei aos 180 km com ela
    A moto xama muito mais a atenção q essas coisas q ela é comparada naum vai na opiniaum de nego q nem tem a moto
    Se vc quer comprar compre mesmo vc naum vai se arrepender
    Naum me arrependo de ter comprado ela
    Marcos Barcelos

    setembro 22, 2010 09:14 Responder

    Eu também vi, mas fiquei sabendo que os vídeos foram feitos todos em aclives, descidas de serra… é uma pena. Linha reta é linha reta, descida é outra coisa… se colocar um titan numa descida de serra, faz em 9 segundos de 0 a 100… as vezes até menos
      José alexandre

      novembro 11, 2011 12:29 Responder

      aclive é subida, e declive é decida, vc esta trocando e misturando tudo. preste atenção antes de por defeito na moto. das três, a kawasaki ninja 250 é a melhor sem comparação!!!!
    Rey

    novembro 23, 2010 14:34 Responder

    Realmente é estranho a Ninja com todas especificações melhores que a CB 300 andar menos ou igual… acredito que estas avaliações divulgadas na internet sejam forjadas para iludir as pessoas com o propósito de vender mais uma marca… Não tenho nenhuma destas motos, estou falando como uma pessoa neutra…
Anderson

agosto 25, 2009 13:44 Responder

Rafael,
O peso que os sites das fabricantes divulgam é o peso a seco, resta saber se eles tb utilizaram os pesos com combustivel na cb300 e na fazer…
Raphael

agosto 25, 2009 15:08 Responder

Já fiz todo o tipo de teste em motos na rua com uma camera e um GPS, sou do tipo que gosta de comparações, acho estranho certas comparações, porque na rua essas motos apresentam dados totalmente diferentes, sem querer parecer chato mais nem a antiga Twister demora 12seg para chegar aos 100km/h, a Kawasaki tem um desempenho muito bom, e realmente ela nao pesa 170 kg, outro fato, cada moto tem o ponto de troca de marcha e cada piloto tem a sua preferencia , dai a diferença no teste, a questão superior é a pilotagem e imparcialidade.
Dante

agosto 26, 2009 21:53 Responder

Os dados da Kawasaki Ninja 250R estão errados, o peso real dela é de 150kg à seco. Provavelmente os 170kg declarados na matéria, que na verdade vieram de um instituto de pesquisa de uma faculdade de São Paulo, são da Kasinski Comet GT-R 250.
    francisluz

    agosto 26, 2009 21:58 Responder

    Vou atualizar a matéria com o peso correto que está está no site da kawasaki que é de 152kg, obrigado Dante.

    abrs

nivaldo

agosto 28, 2009 14:26 Responder

é galera, assim sabemos que a fazer ainda é a melhor das 250/300cc do brasil.
nota 10 pra yamaha, fabrica motos de verdade.
    Viks

    fevereiro 26, 2010 14:30 Responder

    “assim sabemos que a fazer ainda é a melhor das 250/300cc do brasil.”
    Vc sabe ler?
Ira

agosto 29, 2009 23:59 Responder

Parece qua a vencedora é realmente a Fazer. Embora tenha cerca de 6CVs a menos, acompanha a Honda e ainda custa cerca de dez mil a menos que a Ninja, além do que, é a mais confortável. Mas para ter certeza mesmo teríamos que saber o consumo das três.
George

agosto 30, 2009 21:19 Responder

Por que ninguem, em nenhum destes sites divulga o consumo dessas motos? Pessoal, o consumo é uma das maiores dúvidas que nós temos
ao comprar qualquer veículo.
    francisluz

    agosto 31, 2009 00:15 Responder

    Encontrei em um forum um usuário fez a média da CB 300R dele e ficou assim:
    CB 300R
    Primeiro tanque = 26,5 Km/L (Mão em Baixo)
    Segundo Tanque = 30,4 Km/L (Andando normalmente e acelerando só quando livre)

    Revista Motociclismo de agosto:
    FZ250
    Média = 29/7 km/L

    Usuário de Forum Ninja 250R:
    Média = 20,50 Km/l
    Máxima = 25,72 Km/l
    Mínima = 15,03 Km/l

    Pesar de não ser informações oficiais de testes, já dá pra ter uma ideia espero ajudar.

    abrs

      Olívio Ferreira

      julho 10, 2012 00:48 Responder

      Olá pessoal, tenho uma CB-300R azul(roxa) e realmente no quesito consumo é isso mesmo. Varia de 28 a 29 km/l na cidade e 25 a 26 na estrada. Com todo respeito pra quem tem Fazer, mas na estrada em uma reta, a Fazer não acompanha a CB-300R não.
Pedro de Azevedo

setembro 1, 2009 01:42 Responder

Olha achei a ninja muito fraca em relação as demais, a nova cb 300, tem um painel pra um motociclista de 1,7m, pra mim ja ficou ruim, tenho 1,65m, tenho que me espicher pra ver o painel de frente. Fiz um test drive, com a nova cb 300 e não chega nem aos pés da minha twister 2007 com kit 293 viseco e com rolamentos , pino de biéla e biela forjada, que ja faz dois anos que tenho e ando embaixo do pau e não quebra. Resumindo, nao troco minha twister 293, por nenhuma delas e outra ando a mais de 160 km/h, coisa que nenhuma delas sendo original vai andar. parabens pela matéria, muitas dúvidas tiradas, agora espero um comparativo com a kasinski 250 gtr, abraço….
    Fabiano

    setembro 30, 2009 04:43 Responder

    Opá blz! Essa matéria está um horror, cheia d erros….não dá pra se basear nas comclusões ali expostas..podem ser até tendenciosas…abço!
      o pimentinha

      outubro 17, 2009 22:39 Responder

      Esta matéria está toda errada aceleração, retomada, velocidade final, peso… nada condiz com outros testes, além do principal, segundo a matéria a moto testada tinha carburadores e a ninja a venda tem injeção eletrônica!!!! será que a moto no teste era a ninja????
      velocidade na reta 120?? eu tenho uma e ela passa de 140 fácil..
        Bruno

        setembro 30, 2012 15:18 Responder

        É esse negorcio da Kawa fazer 120 km de reta é uma piada eu tenho uma CG 150 mix e já peguei 120 na reta e na minha opinião eu gosto muito da CB300 abraço!!!!!
    Vitor

    novembro 4, 2009 19:57 Responder

    A kawa pega 177 km/h .-. testes feitos no Megacycle 2009 no dinamometro:

    “Ninja 250R 0KM e com motor frio, dando 177Km/h no dinamômetro da Fittipaldi Kawasaki.”

    É QUESTÃO DE SABER USAR A MOTO, PRA QUE FAZER UM TESTE COM ISSO MOTOQUEIRO PROFISSIONAL, é como o rapaz disse: “A minha motoka é a CBX 250 e já dei nela numa decida 160km só que tinha no tanque aditivo! Essa kawasaki depois de ums 20.000 km rodados ela bate os 190 brincando galera! Valeu abraços…”

    Sem exageros eu acho que só pega 180 km/h mesmo.

      Valdemir

      maio 11, 2010 17:03 Responder

      Ola, concordo minha twister, chega nos 160 e faz milagre, já tive 35 motos, tenho tambem uma cb-400 83, não fico correndo como doido, mais sei que ela passa dos 160 km e custou r$-3.500,00 e ai, a moto tem 27 anos de uso, vai querer comparar, não dá.

      abraços

    Carlon

    janeiro 22, 2010 18:49 Responder

    Meu jovem, tenho um ninjinha, e topo a hora que vc quiser um racha com a sua twister 293. Outra coisa a minha é toda original, não é mexida.
    Realmente não sei como foram feitos estes testes, pois já andei a 180/km na minha. Em terreno plano anda a 170/normal.
    Valdemir

    maio 11, 2010 17:27 Responder

    Ola, tambem tenho uma TWISTER 2007 e ela vai alem dos 160 km e não foi feito nada para isto, só que uma cb-400
    da pau nesta 300 moderninha, segura no 160 e a 300r abre o bico, vai vasar oleo no cabeçote.
    Moto foi feito para usar e não abusar.

    cb-400 media – minima 16 km por litro
    media 22 km – maxima 26 por litro
    Twister – minina 18 km por litro
    media 23 km – maxima 33 por litro.
    cb- 300 não vou nen falar esta ai já divulgado.

    FUIIIIII

    Júnior

    outubro 14, 2010 14:16 Responder

    Garoto, é o seguinte primeiramente você tem que ter uma moto para depois questionar as outras, pois eu tive um twister 250 – Ano 2003, pois dava o bicho para chegar 140km/h. Pois tive outras como xt600 – ano 2001 (pra mim não vale nada, pois para chegar 160km/h é o bicho), CB 500 – ano 2003 (altas máquina chega 200km/h) entre outras. Agora quanto a potência/velocidade/cilindrada a Kawasaki saqueneou as motinhas como Fazer 250 e cb 300, pois a moto é um tapa na cara!!!!!!!!! Velocidade chega 170km/h “já” e velocidade final na casa dos 180km/h, Kawasaki sempre na frente em CV!!!!!!!!!!
    Só para você ter uma idéia o meu irmão te uma Suzuki 750F – Ano 2008, a gente quanto saimos para passear uns 500km + ou -, a gente anda junto velociade cruzeiro 140km/h, já as demais nem com o cabo “enrolado”.rsrsrsss

    A minha idade é 28 anos(sempre tive motos, e sou tarado por elas)

    ESPERIÊNCIA PRÓPRIA!!!!!!!

      jeferson

      maio 24, 2011 23:11 Responder

      desculpa ai tio!!! mais se a tua twister 2003 n dava 140 era bixada 140 da a 150 cc do meu primo na baixada c quiser mando um video p vc cm 10 km rodando a media de 140 km/h a 160km/h sem baxa de 140 km/h facinho diferença é que minha mto pega rodovia todo o dia e uma vez por mes vo pro paraná 525 km pra ir rodo de moto mais de 50.000 no ano, sei la meu ou vc levo azar cm a sua ou é o piloto mesmo cuida da ninjinha se não ela amarra e num passa de 160 km/h, a proposito axei show a ninjinha mto loka vai ser minha proxima esse ano. flow abraço
        adriano

        setembro 23, 2011 00:36 Responder

        só tem um problema nisso amigo velocimetro digita é menos 10 porcento da sua marca ou seja neim tudo que se ve é o que parece e velocimetro digita só para vc comparar é menos 5 porcento dai vc tira as suas duvidas e por que sei!!! ja trabalhei com isso ok?
          adriano

          setembro 23, 2011 00:41

          desculpe vou me retratar só tem um problema nisso amigo velocimetro analogico é menos 10 porcento da sua marca ou seja neim tudo que se ve é o que parece e velocimetro digital só para vc comparar é menos 5 porcento dai vc tira as suas duvidas e por que sei?? ja trabalhei com isso ok?
    Júnior

    outubro 28, 2010 14:41 Responder

    Voce é um maluco, você já pilotou uma ninja 250R? Pois com estas palavras você não andou e não sabe do que está falando……….Agora é o seguinte eu já tive uma Twister também a moto é um “lixo” (chima, a moto só tem torque para colocar 140km/h dá o bicho, ruim de curva que só………) Agora a sua Twister para andar com a ninjinha não adianta ficar “fuçando”(aumentar curso, forjar biela, pistão…..), só se você colocar o motor da CB500, pois se você encontar uma ninjinja gostaria que você desse um acelerada só para ver, pois você vai levar um “bago”, pois tenho um (ninja 250R) a moto não tem como comparar com estas CB300R, Fazer 250, ou seja, a moto é para competir com outra categoria…..
Daisy Moreira

setembro 7, 2009 05:55 Responder

Meu Marido fez um consócio da Yamaha Fazer250, Mas quando ele viu a honda300r, ficou louco com ela ele só esta esperando ser contemplado para pegar o dinheiro e comprar a moto da honda. espero que seja breve.
    Onezino Gabriel

    fevereiro 20, 2010 02:10 Responder

    não faça essa besteira a nova fazer da de 10 a zero
Leandro

setembro 10, 2009 02:16 Responder

É incrível como ficam tentando tirar a ninja de tempo.
A verdade é que ela veio e balançou as concorrentes.Já pilotei twister, fazer e titan 150 entre outras e a diferença estar no piloto, pois já ví titan deixar twister nervosa. Acredito na kawasaki e vou comprar a minha ela realmente melhor e mais encorpada, freio a disco nas duas rodas e o dianteiro tem um diametro excelente, Suspensão traseira a gáz e dois cilindros paralelos…É notável que não estamos falando de moto; Estamos falando de KAWASAKI.
A Ninja é uma moto para amantes de motos e não de motoboy que vai enfrentar um fluxo diário no transito de uma metrópole.
Ninja é passeio, é tirar “onda”, Ou você vai colocar toda essa carenagem na pedreira do dia-a-dia???
Próximo evento de motos, vou estar com a minha!!!!!!!!
Um abraço, para todos amantes de DUAS RODAS SOBRE UM QUADRO DE AÇO.
Desculpe a Comet 250, mas a Kawasaki chegou, rsrsrsr
    R1 boy

    setembro 15, 2009 20:33 Responder

    affff!!!!!vc eh muito eh kebrado!!!!ker tirar onda de 250???se vc so ve as outras motos para kem eh motoboy compre uma moto decente para “tirar onda”.
      Luiz Eduardo

      dezembro 4, 2009 03:37 Responder

      Caro R1

      Pra começar a GS 500 tem 48 HP (não é o dobro da potência da Ninja, aliás gasta quase o dobro de combustível e não anda o dobro da Ninja 250R). Custa 19500 a 2008/2009, pois 2009/2009 e 2009/2010 você não encontra nas concessionárias. Sem falar que a GS500 é antiga e com design de gosto duvidoso. Tirar onda como mencionou o Leandro, significa andar em uma moto bacana, bonita e que chama a atenção. Tanto faz se é 250, 600 ou 1000, o que importa é o estilo da moto. Se você acha que o cara é kebrado porque gastou 16000 numa 250cc, então no mínimo você é bonito de grana e deve andar pelo menos em uma moto 4 cil, pois se não for assim o quebrado é você que tá com inveja do rapaz. Quebrado é o cara que compra uma GS500 92 que custa mais ou menos o preço da Fazer, só pra dizer que anda de 500cc.

        Rafael

        dezembro 7, 2010 02:30 Responder

        Cara, ve se não fala mal da GS 500, uma das melhores motos que já apareeram, anda bem mais que a Ninja 250, pena que a Suzuki não coloca injeção na GS e aposenta aqueles 02 carburadores, que até são bons mas injeção é melhor.
        Outra coisa, a GS faz 20 km/l, é bem economica pra uma 500cc
    Diego

    outubro 11, 2009 21:45 Responder

    È , meu caro Leandro se vc prefere pagar 20 mil em uma 250 eu naum posso fazer nada… Lembre-se que uma Xt660 usada é uns 20 conto e uma gs 500 nova é uns 19 mil.. o dobro em cilindrada e potencia(mais que o dobro)….. Abraço
      Júnior

      outubro 14, 2010 14:33 Responder

      Agora é o seguinte eu tenho uma ninjinha 250r e estou atrás de uma gs 500 para ver se realmente tem esta diferença, mas tem que ser uma GS500 nova pois a antiga (Ano 2000) possui menos CV (potencia) do que as novas, pois a antiga eu tive uma oportunidade de acelerar e ela não ficou nem no meu vácuo eu acho que estava com um pistão furado, rsrsrss
      Quanto a velocidade final das GS500 (nova) com mais CV, ela não passa de 180km/h ou seja, velociade final da Ninja 250R.

      Desculpa da Declaração!!!!!!!!!!!!!!

        sandro

        novembro 16, 2010 14:36 Responder

        recentemente andei com uma ninjinha e tinha ate receio dela pela velociade final mas sem chance. é maluco pena q eu não moro ai perto de vc se não a agente ia pra pista pra ver quem ganha leva a moto do outro. sou muito mais minha gs 2009 do que a ninjinha.
          Júnior

          novembro 25, 2010 13:30

          Você, balançou e pode ficar balançando!!!!!!!!Vou falar uma coisa, se você acelerar a Gs500 de 120km/h até a velocidade final (180km/h) aposto com vc que no mínimo irei andar no seu vácuo e colocarei ainda no lado para ultrapassar, pois a Kawasaki sempre foi 1º lugar em potência…….
      ynnn

      novembro 16, 2010 21:10 Responder

      Pô cara, vamo combinar, nao vamos falar de moto usada ok ?!!!! . . . . . pô, usada é doseeeeeeee . . . .
    Leandro Vieira

    janeiro 7, 2010 03:24 Responder

    Concordo absolutamente descartando as 600cc pra cima a ninja é a moto mais linda todo mundo vai pagar pau
    Bruno Neves

    janeiro 14, 2010 16:28 Responder

    Po cara, desculpa, mas tu vai fala em “toda essa carenagem” e tirar onda com uma motinha de 250cc e com um pneu traseiro mais estreito que o da Honda Strada. Se tu quer tirar onda junta um pouco de dinheiro ou vende um carro e compra uma Hornet que ai sim tu vai tira onda.
    E um comentario para os outros posts, o dia que uma moto 250cc só por ta rodada bate os 190km/h eu vo monta na R1 e vo tenta supera os 400km/h.

    Abraço.

      Onezino Gabriel

      fevereiro 20, 2010 02:17 Responder

      acho q a pessoa tem que ter a moto que melhor agradar…
      aqui em casa temos a tornado e xtz, e falo q a xtz ta bem mais bonita que a tornado
      Júnior

      outubro 14, 2010 14:53 Responder

      Eu não estou tirando onda, pois a moto para relação potencia/cilindrada não tem nenhuma para bater sem tirar a tecnologia e acabamento, pois estamos falando de Kawasaki – já tem muitos anos de estrada. Quanto moto maior cilindrada meu irmão tem uma suzuki 750F – ano 2008 é altas moto claro, mas quando nos passeamos, que a média de km é de 500km a velociade cruzeiro é de 140km/h as demais que se dizem concorrentes não andam nem com o cabo enrolado!!!!!!!!!!!!É SÓ ISSO QUE QUERO COMPARAR SEM FALAR NA TECNOLOGIA (motor 2 cilindros em linha/ refrigeração líquida/ 6 marchas).

      Pense e reflita!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Pois não é sonho e sim realidade…….

      Reginaldo

      abril 4, 2011 21:24 Responder

      Não briguem,é so uma teste de custo/beneficio.Ñ a muita diferença entre a Fazer e CB300 e o custo/beneficio a Ninja deixa a desejar(muito cara).A unica coisa que considerei em meu teste pratico foi o conforto e a estabilidade(principalmente em curvas) e pra mim a Yamaha saiu na FRENTE se tratando de modelos 250/300.Ai ,na minha opinião deveria ser proibido produzir motos de passeio com motor inferior 350,motos muito leves e lentas na retomada são um perigo nas estradas.
vanderlei

setembro 11, 2009 14:29 Responder

Faltou também um comparativo de consumo de combustível, para sabermos quem gasta mais.
phillipe

setembro 12, 2009 13:25 Responder

Sou mais a fazer, ela ñ tem muita diferença das outras em relação a potência, sem falar que é mais barata; E uma excelente moto.
    joão

    dezembro 25, 2010 19:57 Responder

    tenho uma fazer e ela nunca deixou a desejar.
Carlos Eduardo

setembro 13, 2009 03:27 Responder

Lamentável essa matéria, antes de plubicar algo desse tipo deviam ao menos verificar se os dados estão corretos. Pra começar a Ninja 250R é por injeção eletrônica, segundo, 120Km/h na reta? Nem se o Jô Soares estivesse pilotando, quem entende o mínimo de moto sabe uam simples CG 150 chega a esses 120Km/h! Vejam no YouTube os videos, inclusive tem o teste no dinamômetro da Ninjinha, batendo 177 Km/h! E tem um otro cara fez um video também que mostra que ela atinge de 0 a 100 em 7 segundos!
    francisluz

    setembro 13, 2009 18:28 Responder

    Olá Carlos,

    Todos sabemos que ela passa dos 120 km/h esses dados são do teste realizando em um circuito pequeno. estamos colocando um novo post com o comparativo completo.

    abrs

      Onezino Gabriel

      fevereiro 20, 2010 02:19 Responder

      é o povo esquece de contextualizar os testes… o circuito pequeno, muitas curvas e etc.
Bruno/PE

setembro 13, 2009 14:54 Responder

Gente, o consumo das motos pode vairar muito. Tenho uma Lander-X e pude observar muita diferença~na estrada, até a posição do vento influencia. Fiz uma viagem de 300km a favor do vento numa velocidade média de 90km/h, ela fez 33km/l, já na volta, contra o vento, na mesma média de velocidade fez 28km/l. Em outra oportunidade, com punho no canto (120/130km/h) e ainda contra o vento, fez apenas 22km/l. Vejam a diferença!
Bem, quato as motos aí, acho que a ninja por R$15.500 deu o tiro de misericórdia. Só peca no painel e no pneu traseiro, mas o peneu resolve facil, já coloquei um 150/70 na minha lander.
Bruno/PE

setembro 14, 2009 01:38 Responder

Tem mais, esse tempo de retomada foi em que marcha?
pq se foi em última marcha é claro que a ninja vai perder, porque alcança o torque maximo em 11 mil rotações, então, em 6ª a 40km a moto deve ficar quase morrendo.
É como acelerar uma velha RD-135 a 40km junto com uma CG na última marcha, sem reduzir… agora joga uma 3ª pra ver o giro subir e a RD deixar a 4 tempos engolindo fumaça!
Moto esportiva é assim, torque alto em giro alto que exige mais trocas de marcha!
…e ainda, com dito neste teste, a kawa atinge 160km/h reais contra 130km/h das outras, isso é mta diferença.
    Fabiano

    setembro 28, 2009 06:05 Responder

    Perfeito, d acordo!
Cintia

setembro 14, 2009 16:07 Responder

A ninja 250 R não é carburada como diz na ficha técnica, ela é injetada!
    francisluz

    setembro 14, 2009 16:17 Responder

    Olá Cintia,

    Sim, ela já esta com Injeção Eletronica, mais esse teste foi realizado com uma versão anterior importada. Já temos um novo comparativo com a versão injetada.

    abrs

    Cintia

    setembro 21, 2009 13:20 Responder

    Ok!

    Agora sim!!onde está a comparação?
    Gostaria de ver!!
    Porque eu achei que não foi justo fazer a comparação de duas motos injetadas e uma carburada, e citar o “mau” desempenho em baixa.
    E testar em uma pista curta uma moto com o cambio de 6 marchas.

      Leandro Vieira

      janeiro 7, 2010 03:49 Responder

      Cade a nova comparação hein anda vamos logo com isso, e o preço não é 19 mil é 15.550 com apenas 3 mil a mais vc compra uma kavasaki meu velho
        Júnior

        outubro 14, 2010 14:59 Responder

        Com poucas palavras vc falou tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
      Carlon

      janeiro 22, 2010 19:14 Responder

      Parabéns Cintia, tenho uma Ninjinha, ela é perfeita. Acho que está comparação é tendenciosa.
BRUNO PEDRA

setembro 14, 2009 18:49 Responder

ninja é ninja ! não troco a minha por nenhumas das 2 .
    FAZOLI

    novembro 27, 2009 12:26 Responder

    bom dia galera,observei vários comentarios de voces sobre a ninja 250,alguem de voces tem uma….não sei,pois eu tenho e digo mais ela da 160 de 5ª e ja esta dando 180 de 6ª de peito aberto,ela esta apenas com 2000km rodados.estou muito satisfeito com a moto a kawasaki esta de parabens…..
    essa foi boa bruno pedra eu tambem nao troco nao….
      Júnior

      outubro 14, 2010 15:02 Responder

      Eu tenho uma é a moto é um “tapa na cara”, ou seja, é show de bola!!!!!!!!Não tem comparações…..
Odacir

setembro 20, 2009 23:08 Responder

Gente, esta semana visitei a revenda da Kawazaky que abriu aqui em Recife e pude conhecer a Ninja 250 de perto. Tem muita informação que foi sonegada a respeito da Ninja. Ela é uma moto que não pode se comparar com a CB300 ou com a FAZER. Ela tem todo o perfil de uma verdadeira esportiva, inclusive, até refrigeração a agua. Honestamente, sem querer puxar o saco para nenhum lado (até porque a minha moto é uma Drag Star) achei a Ninja fora de série. Além de linda ela é uma esportiva com Pedegree.

Abraço a todos !

    Leandro Vieira

    janeiro 7, 2010 03:54 Responder

    é isso ai velho quem critica é porque tem honda ou yamaha e não quer se sentir arrependido, inveja
    Júnior

    outubro 14, 2010 15:08 Responder

    Com certeza!!!! KAWASAKI
Guilherme Santos

setembro 21, 2009 19:52 Responder

Cara aonde vcs viram que a ninja ta 19k entra no site oficial e no site das revendedoras esta 15.5k nada absurdo comparado a CB e Fazer.
    francisluz

    setembro 21, 2009 20:01 Responder

    Olá Guilherme,

    O preço da ninja já foi atualizado em outros post mais novos.

    abrs

Wallace Farias

setembro 22, 2009 05:53 Responder

pessoal, estou louco pra comprar uma ninjinha e agora com este comparativo fiquei mais empolgado ainda, por que vou querer a moto apenas para viagens e sendo assim leva vantagem facil sobre as outras, valeu pela matéria e se alguém tiver uma outra dica vou agradecer.
fabiano

setembro 23, 2009 02:01 Responder

Com o promot a visao das fabricas de motos ta mudando e o negocio vai esquentar! mas a cb 300 é muito esportiva eu vi uma com spoiler no motor e paralama de pneu traseiro pedaleira de alumino toda dourada em curitiba tava show!!!!!!!!!!
Cristiano

setembro 25, 2009 07:18 Responder

Entre as três prefiro ficar com a Fazer por que além de ser mais barata atinge minhas necessidades, todas elas são excelentes então nesse caso prefiro optar pelo mais barato, abraços….
Lucas

setembro 28, 2009 13:55 Responder

CB 300 só tem largada é uma twister com um designer melhor. Para quem quer crescer no ramo acho muito fraca.
Pelo que sei não é somente status a Ninja pois rodo com um amigo que tem a Ninjinha ela é muito boa e foi feita para trabalhar em alta giro acima de 8500rpm não é para que gosta de andar a 80km/h
Paulo Fonseca

setembro 29, 2009 00:27 Responder

A Ninja eh INJETADA!!!
Este teste foi feito com uma ninja carburada?? A que esta a venda eh INJETADA. Entao podemos concluir que este teste nao serve como parametro para medirmos o desempenho entre as motos.
Concordo com o colega Odacir? Além de linda ela é uma esportiva com Pedegree.
Gustavo P.

setembro 30, 2009 15:20 Responder

A matéria ficou cheia de erros e comprometeu a conclusão final de qual a melhor… Falam constantemente no preço lá em cima da Kawa, que agora baixou de preço. A CB tem cilindrada maior e em comparação a Twister não evoluiu muito em potencia, desapontamento total, lembrando que agora vem com ABS e Dual System + freio disco tras, e vai custar mais que a Kawa250. A Fazer podemos contar como modelo ultrapassado, a Yamaha já planela o lançamento da FZ250N totalmente reformulada, ou quem sabe até com 300cc… mas vale o custoXbeneficio dela e torque em baixa. Kawa250 como toda esportiva vai despejar o torque em alta, ultrapassa facil 160km/real contra 132km/h das concorrentes… lembrando que o real de uma 500 é algo entre 175-180km/h real. CB deveria ter vindo mais potente e com maior cilindrada pra preencher a lacuna que ficou até a Hornet. Fazer é questão de tempo para mudar e kawa não foi bem avaliada.
Tecnologia do motor da Fazer é a melhor, da CB ficou algo… vejamos… twister melhorado… da ninja era moderno pra epoca em q foi criado… faltando apenas “injeção eletronica”, oq deve mudar…
Ninjinha ficou devendo Pneu traseiro mais largo e um painel mais moderno… CB faltou potencia e a sexta marcha pq sumiu? Fazer ficou com visual ultrapassado e sempre com o painel de RD melhorado… e Disco traseiro nas ultimas duas, CB ainda estava no modelo standar no comparativo.
Consumos cade? Os citados ai estão todos errados! Lembrando q injeção é economia com mão leve… cabo torcido fazer e cb não fazer 18km/l, ninjinha com certeza é mais economica na estrada e mais beberrona na cidade.
Mas cabe ai um comparativo entre a Ninjinha e a kasinski GTR250efi, motores diferentes mas mesma proposta… esportividade.
fabinho

outubro 3, 2009 22:15 Responder

GALERA MOTO É A COMET GTR 250, AS DEMAIS SÃO RASCUNHOS!
    Bruno

    novembro 10, 2009 03:58 Responder

    Rascunhos são os detalhes mal feitos da Comet GTR, e as manutencões que são dadas pelas concessionárias autorizadas.
    Ela pode parecer mais esportiva um pouco, mas a qualidade é visivelmente pior.
    james

    setembro 21, 2010 11:21 Responder

    qdo vc for vender ela vc vai amar ela
    Júnior

    novembro 25, 2010 13:38 Responder

    Como rascunho, pois quando falamos de “MOTOCICLETAS) eu falo de: honda, yamaha, kawasaki, suzuki o resto eu desconheço……..rsrsrsss
    joão

    dezembro 25, 2010 19:57 Responder

    Vc. deve ser comediante!
francisco irandi

outubro 7, 2009 04:34 Responder

e ai francis blz cara !!!!! quem esta falando e o francisco da fuad jubran
eu so queria tirar uma duvida , tem um video da cb 300 no yutube que esta mostrando 167 no painel da moto será que é verdade sim ou não ? outra coisa e a cb 300 com abs que ira ser lançada no salão oque vc acha ? valeu velho .
    francisluz

    outubro 12, 2009 17:09 Responder

    Olá Francisco blza cara!!!, Desculpa a demora em responder só achei um vídeo que o cara conseguiu colocar 155 e na descida, pode se notar tbm que o conta-giro está já no começo da faixa vermelha então não se esse de 167 é verdade pq não consegui ver. Quanto a CB com ABS foi apresentada sim no salão e fui conferir em uma loja o preço os caras tão pedindo R$ 15.400 acho q tá caro e isso é ágil por ser uma novidade talvez no final do ano já comece a valer apena a CB com ABS.

    abrs

marcelo

outubro 9, 2009 21:35 Responder

olla allo que todo teste pode no ser exacto mas tambem no pode se criticar so por que el peso no e exacto;eu tano umaq fazer y um amigo compro uma 300rr y lo que falan en ese teste concarda perfectamente con la realidad de esas motos.en todu o que falaron es verdad a pesar de decir que solo anda a 132 km por hora eu ya vote 147 km/h por lo menos es eso que marcava el velocimetro.mas acredito en el traballo de esos pilotos y a velocidad real no es la que marca el velocimetro.vc ve que las motos marcan velocidades que nunca alcanzan desde las de grandes cilindradas a las puequenas.y detalle nois somos so consumidores y ellos pilotos.a pesar que yo doy uma sempre de piloto y fazo pegas con tuister y falcon tamben mas so pra brincar un poco,y a fazer sempre me dejo bem na parada;ate mais
marcelo

outubro 9, 2009 21:44 Responder

por lo que vale uma ninja vota mas 5000 reales y compra uma hornet usada y en la pista la ninja 250 pasa vergona,y no esquesamos uma 600 e uma 600. eu teno certeza que quien compra uma ninja 250 seu sono e ter uma 600 algum dia .imagina vc va con sua namorada todo bobo tirando onda de buniton y ai vem por cuasi el mesmo precio uma hornet vella y te pasa cuasi parado y vc so tem beleza . a eu no allo negocio pagar tan alto uma 250 y uma 250 por mais bunita que sea sempre le va faltar algo no adianta y ese algo se llama verdadera potencia ate mais
marcelo

outubro 9, 2009 21:51 Responder

vean o site da comet falan mal pra caramba .as pezas son todas de baja cualidad y da todo tipo de problemas desde la bateria y toda la parte electrica as pezas originales ya son genericas. e feita na corea con tecnologia japonesa por eso ela e a mas bunita mas solo tem buniteza y velocidad vinal e muito.mas da uma dor de cabeza do caramba y re dificil de vender ate mais abran os ollos no jogen seu dinero fora ate mais
Guardpdr

outubro 12, 2009 05:20 Responder

Amigos, nunca andei de moto, não tenho carta de moto – o motivo principal é que minha família não aceitava e as primeiras granas da evolução de minha carreira eu comprei um carro (venderei para comprar uma KAWASAKI NINJA 250R.

Bom, fui ao salão duas rodas e ví a Ninjinha. Além disso, ví vários vídeos no youtube sobre a moto. Estou lendo alguns artigos sobre ela também.

Falar que a Fazer é mais moto que esta Kawasaki só pode ser uma análise tendenciosa. A Ninja é muito mais moto (preço se justifica). Apesar de ser 250cc, a Ninjinha nasce de um projeto consagrado no mundo duas rodas. Muito mais estilo,ronco do motor sereníssimo, mais potência que uma Falcon, esportividade que as outras não têm. A CB300 é muito feia (a frente é desproporcionalmente grande), é monocilíndro. RESUMINDO: poucos terão uma ninjinha pro dia-dia (sem discriminação aos motoboys que inclusive são importantes pro mundo duas rodas). Essa exclusividade em uma moto que chega a 160,175 Km/h é indiscutivelmente muito mais atraente. Eu sempre faço cálculos diversos para comparar motores. Ter força na saída é preocupação de quem quer tirar racha ou trabalhar de moto. Armonia geral do composto pra mim é primordial.

Abraço a todos

Mauricio

outubro 12, 2009 15:24 Responder

Senhores, a minha ninjinha está fazendo 24 km/l (podium BR), outra coisa, depois q sobe o giro quero ver essas duas pegarem hein. Agora que é status é mesmo, não tem um que não pará e fala, AI SIM HEIN!!!.

Abraços a todos e façam as suas escolhas, pois gosto é de cada um.

leandro

outubro 12, 2009 23:19 Responder

Pessoal, estou para comprar uma cb 300, gostaria de saber qual o consumo dela.

abraço,

Leandro Riscolino

miguelsimões

outubro 14, 2009 16:05 Responder

no mínimo estes pilotos que fizeran o teste não eram bons, pois já i vídeos na internet ( youtube ) onde a ninjinha alcança 175 km /h brincando em cerca de 18 segundos
Alex

outubro 14, 2009 19:33 Responder

Loucura, ninjinha veio pra ditar a realidade mundial e fazer com que a nossa querida Honda, tome vergonha e pare de maquiar a moto com design bonito e… para por ai… só ficou no design de inovador mesmo.
Muito mais uma ninja… é como disse o pessoal ai atras… acho que pro dia-a-dia, trabalhar com a moto, estudar talvez, a fazer faria mais juz ao preço… agora para curtir a moto de final de semana, é indiscutivel meus amigos, Ninja na certa!

Abs.

Wagner

outubro 19, 2009 00:34 Responder

Tenho uma Fazer 250 e gosto muito dela. Ja fiz duas viajens de Sao Paulo até o Parana sem garupa e fui bem confortável. Só tive que montar um bau atras pra levar minhas tralhas (hehe) e isso eu percebi q atrapalhou um pouco na estabilidade e consumo (pois o vento segurou mais). Em momento de vacuo na estrada atingi os 160KM/h mas foi bem chorado e a danada começou a cortar giro, entao reduzi na hora pq a rotaçao ja estava no vermelhao! (11.000). As duas viajens foram para o mesmo lugar e deu um total de 800km (ida e volta cada viajem). E Nesses 800km gastei 50 litros aproximadamente de combustível, andando em uma média de 120KM/h direto.
Dentro da cidade de sao paulo ando com o tanque cheio (19L)320km até chegar na reserva, depois mais 50km em reserva e da essa média de 370km por tanque! Isso sem forçar o motor e respeitando os limites de velocidade, se acelerar pode tirar ai uns 40km do total.
Mas por fim acho ela uma excelente moto. Só troco por uma 600cc. VIVA INJEÇÃO ELETRONICA ;)
Rodeiji

outubro 19, 2009 17:21 Responder

Kawasaki é Kawasaki!

O resto é resto!

Não tem como comprar a Kawasaki com essas motos, se for, tinha que ter sido com a Kasinski Comet 250.

Há um video no youtube os gringos fizeram um teste entre as duas. Video muito bom inclusive.

Segundo o reporter que ainda utilizou da frase, “Kawasaki é Kawasaki”, diz ser a melhor escolha para iniciantes do motociclismo e não moto”boy”ciclismo!

Vaporizer

outubro 21, 2009 03:11 Responder

Fala galera!
Tenho uma fazer le 08 e estou pensando em pegar a ninjinha… Fiz um test drive semana passada e ela realmente anda menos q a fazer em baixa, mas quando chega a alta rotação não dá pra comparar, acelera mto mais.
Só to em dúvida pq uso a moto pra ir pro trabalho, ou seja, no transito de sp todos os dias… Estrada e passeio só no fds…
Mais a máxima é “Kawa é Kawa” se confirmou pra mim. Superior memo…
Marcelo

outubro 21, 2009 19:39 Responder

Estava vendo o descritivo da Ninja 250 e seu peso é de 152 Kg. Sendo assim:

Ninja = 152/33 = 4,61

Evandro Nakazone

outubro 24, 2009 22:39 Responder

Na boa não é porque eu tenho Ninja não, mas comparar essas duas outras motos a ela é sem cabimento, se a 300 é tão boa assim ou tão linda porque todas as vezes que eu paro no farol ao lado de qualquer uma delas os proprietários não tiram o olho da minha verdinha? Estranho acho que admitir que errou ao comprar algo não é nada demais, eu mesmo já errei ao escolher uma Twister não comprando a Fazer que é muito mais moto. Agora comprar uma 300 que tem velocidade máxima de 135 km/h (sem não for um pouco menos) e depois comparar a uma outra 250cc com duplo comando de cabeçote que alcança brincando 160km/h real é muita cara de pau. Desculpa galera essa 300 só vende porque é “HONDA” e é isso que pesa, somente isso porque nem no preço ela está mais valendo a pena. E aqueles que fizeram o teste por favor mais atenção ao redigir e avaliar, muitas pessoas se baseam no que leêm antes de adquirir um produto seria triste comprar algo e depois descobrir que o método usado pra decidir estava, se não completamente, equivocado
    Luiz Eduardo

    dezembro 3, 2009 08:54 Responder

    Senhores

    Vi um monte de bobagens escritas aqui neste fórum. A começar pelos erros técnicos já citados por muitos, como o peso, os carburadores e a velocidade final da Ninja.
    Sempre gostei de motos da Yamaha, inclusive as 2T. Já tive RD350, DT180, DT200, XTZ125 e FAZER250. Também já tive algumas Hondas como CG125, CB400 e CB450. Também já tive uma GS500 e uma GSX 750W (moto que só dava problema).
    Depois que me casei resolvi comprar uma moto menor porém não queria mais 125cc, e então comprei uma FAZER. Achava a moto excelente, entretanto acabo de trocá-la por uma Ninjinha e estou completamente satisfeito. A questão aqui não se trata de ser “duro” como já foi citado por alguém. A questão para mim é custo/benefício/prazer. A FAZER é uma excelente moto 250cc, mas infelizmente leva consigo o estigma do motoboy. Por várias vezes, quando eu parava em semáforos, os motoristas fechavam os vidros dos carros ao lado com medo de talvez um assalto. Perdi completamente o prazer de sair com a moto. Quando fiz a troca pela Ninja a FAZER estava com 5000 km, totalmente zerada.
    Poderia comprar uma 4 cilindros de maior cilindrada, mas acho que dispor de 35 a 40 mil reais em uma moto não vale a pena. Não tenho dinheiro para jogar fora e dou muito valor ao real que ganho com o suor do meu trabalho. Sem contar que não andaria sem seguro e o seguro destas motos é muito elevado. A Ninja 250R para mim coube como uma luva. Um valor razoável (16500,00) com um seguro mais barato que o da FAZER (1180,00 contra 930,00) e que não dá nem para comparar com CB300, quando se fala de esportividade e beleza, sem falar na potência. Que 120 km/h. Quem escreveu isto está maluco ou a reportagem não é séria. Quem tiver alguma dúvida é só fazer o test drive na Kawasaki. Antes de comprar eu quis andar na moto. Até o barulho não tem nada a ver com “motinho 250cc”. Ela ronca como uma moto de 2 cilindros que é e lembra (Respeitando as devidas proporções) uma GS500. Agora, ao contrário do que acontecia com a FAZER, as pessoas abrem os vidros dos carros para perguntar algo sobre a moto. Em qualquer lugar que você para as pessoas te cercam para saber qual a cilindrada e quanto custou. Os únicos que desdenham da moto são os “motoboys” (Que me perdoem os motoboys de profissão) que passam acelerando CG150, Twister e outras, ou fazendo algum comentário de menosprezo à moto como estes comentários infelizes que fizeram sobre a Ninja. (18 mil em uma 250cc, 120 km/h, moto frouxa na cidade e outras.) Não há a menor possibilidade de qualquer uma das outras motos ande na frente da ninja. É só andar para conferir.
    Não se pode comparar preço de moto zero com preço de moto usada. Um corsa zero custa 40 mil reais e com estes mesmos 40 mil reais você compra BMW usada. Isto não é comparação. Para quê pagar 11 mil numa Fazer e não comprar uma GS 500 1995?????
    Um abraço a todos.

marcelo

outubro 28, 2009 17:44 Responder

ue ya vivarios testes y mesmo errando en el peso as outras cosas coincoden en todo perfectamente,si la ninja es mas potente .y anda mas. mas en pocos metros ela e inferior a la fazer y a 300 a retomada da ninja e inferior y eso fas muyto sentido las marchas son mas longas por que presisa desenvolver mas velocidad.ya que el motor tein mas forza.mais no tein que esquecer que ela e 250 cc. y nada mas tambem no queran imaginar que ela pode voar como uma 600 cc ela e tambem muyto limitada ela e superios en potencia y velocidad final .mas en las ruas de uma ciudad ele so serve para tirar uma marra.so.y uma ninjas financiada costa cuasi o mesmo que uma hornet usada.y vamos convenir por mas que la ninjita 250 ande a hornet 600 da uma cosa en ela .por eso antes de comprar tem que ver todosa os aspectos de uma moto .comenzando por u precio.yo gosto da ninja mas ela no e tan superios asi mas que as otras.vamos ver cuando vena a yamaha 300 o 350.a 250 fue um exito moto que no da problema de ningun tipo.y super economica.y veloz.y e u precio e otimo .no den mole esperem un poco. valeo sorte.
André

novembro 3, 2009 14:12 Responder

Quem ainda não percebeu que a Duas Rodas é “hondeira”? O que tem q ser visto sao testes independentes… rola uma grana preta ai pra favorecer uma ou outra. Na boa, a Ninjinha está meio “difamada” neste teste. Ela anda bem mais do que está escrito ai neste teste… As motos da Honda são mto boas, mas a ninjinha está impecável!
Vitor

novembro 4, 2009 18:21 Responder

Ta a ninjinha “decepcionou”, e blá blá bláblá blá! Só kero deixar bem claro, POR QUE A MINHA NINJA 250R FAZ 0-100KM/H EM TORNO DE 8 SEGUNDOS? SERÁ PQ MEU CRONOMETRO TA QUEBRADO? VÃO TUDO TOMAR NO TOBA DE VCS BANDO DE REPORTER MEIA BOKA! NUNCA OUVI TANTA MENTIRA NUM CANTO SÓ. SÓ CONCORDO COM O RESTANTE (FORA AS RETOMADAS), A NINJINHA EMPINHA NA 5ª MARCHA RAPÁ! TA LOUCO! As três são muito boas realmente, a CB 300 economiza demais da conta, a Fazer tem um design muito bonito para uma Street e o controle dela é perfeito, mas ocultar toda a potência de uma moto de uma certa marca por razões indefinidas é de matar!
Vitor

novembro 4, 2009 19:34 Responder

Vê se a porkeira da CB300r faz isso:

Não faz com tanta facilidade assim concerteza! Só tiro o meu chapéu pra CB pela economia dela só isso!

marcos

novembro 8, 2009 05:15 Responder

beleza difamaran a ninja mas q a fazer mata a pau todo mundo sabe, bem mais economica resposta mais rapida e ciclistica d da inveja em verdinha importada com manutençao carissima sem contar q a honda é so nome q conquistaram vendendo cg;
vinicius

novembro 9, 2009 16:22 Responder

Pessoal, o negocio é o seguinte, eu acho q quem quiser conhecer as tres tem que andar em cada uma, pois eu tinha uma fazer e ao trocar andei na ninja e cb300. a ninja anda muito sim.e tem o barulho de uma 500.eu gostei.espero ter ajudado.
recife

novembro 11, 2009 00:33 Responder

acho a ninja muito bonita ,mas optei por comprar uma cb300 ,e nao me arrependo ela e uma moto muito boa ,tb nao tenho problemas em achar concessionarias honda aqui no meu estado ,ja a concessionaria da ninja so tem uma aqui em recife ,talves quando tiver mais ,compro uma ,abracos .
Gabriel

novembro 11, 2009 14:21 Responder

Essa matéria me parece até comprada, ou o piloto da ninja era MUITO fraco!
Até nas curvas o cara entrou mais lento…
brunovb

novembro 13, 2009 05:14 Responder

Ridiculo! O cara q fez essa materia ou trabalha na yamaha ou é um motoboy pra defender tanto essa moto de 20cv… Tem q fazer o teste com a mesma pessoa… Nao adianta colocar um cara de 80kg em uma moto e outro de 60kg em outra… No youtube tem videos q comprovam a ninja fazendo de 0-100 em 7,5 seg.
brunovb

novembro 13, 2009 05:41 Responder

alexandre golçalves lobato

novembro 15, 2009 15:10 Responder

Questão beleza a ninja ganha disparado,também acho que a ela anda pra caralho, mais o preço não ajuda. Ta na hora da honda criar um modelo esportivo com carenagem integral pra brigar com a ninja!! Porque cá entre nós a cb 300 tá ridicula. Valeu galera abraços.
Zelão

novembro 16, 2009 00:05 Responder

porra dois cilindros,faixa vermelha á 11.000 quem tem dúvida não manja nada.As outra duas se aquivalem. Minha curiosidade é sobre o consumo das tres, no pau e 3/4 de aceleraçao, quem souber mata minha curiosidade.Valeu
Alex

novembro 22, 2009 22:58 Responder

Affs… que 18.800 que nada!!!!Ela vai ser produzida em Manaus,entao o preço vai abaixar pra entorno de 15,000…Pra uma ninja mesmo 250 eu acho poko!!!
http://motociclismo.terra.com.br/index.asp?codc=655
ta ai o link….
Renato

novembro 26, 2009 02:56 Responder

Se voce pegar uma estrada de 160 km,

de ninjinha voce vai levar 1 hora para completa-la

de CB300, voce vai levar 1 hora e 15 minutos.

Quem disse que a Ninjinha não eh tão mais rapida ?

- em 15 minutos ?

eh a distancia de campinas até itatiba a 160km :)

neto

novembro 28, 2009 13:06 Responder

o cara recebeu quanto da yamaha p faze essa materia? e outra.. como vão compra 2 naked’s com uma bike? ridiculo… nao tem como compara em preço, garupa, TUDO… mas ja que vamo compara, ninja agora tah 15.550, e de longe é a melhor moto das 3, retomada dela tem que ser feita em giro alto, porque o motor soh eh bom assim. A cb 300 foi a grade cagada da honda, de 300 soh tem o nome mesmo… anda igual ou pior que uma 250, e a fazer tem um motor excelente realmente, estabilidade, tudo… mas NUNCA que ganha de uma ninja nas curvas de alta (ninja tem a suspençao mais dura feita para isso) e de final (bolha)

já li varias reportagens comparando as 3, ninja sempre ganha.. soh aqui mesmo que perde.. yamaha deve ta molhando a mao legal de vcs eim?

junior

dezembro 1, 2009 15:47 Responder

Eu tenho uma fazer 07 e moro em SP ela se comporta super bem nas congestionadas ruas da capital paulista,por vezes faço viagens de curta duração e ela não tem me decepcionado em nada, só penso em me desfazer dela por outra FAZER caso a Yamaha aumente sua potên- cia e estilo de aparência.
Fabio

dezembro 3, 2009 02:28 Responder

Huummm,

suponho que se no lugar da Fazer 2009 fosse utilizada a 2006, o teste seria outro; pois a mais antiga é ligeiramente “mais forte”!

Um abração!

wellington motoboybh

dezembro 8, 2009 19:41 Responder

ola galera? ta faltando piloto nestes testis por ai… trabalho de moto boy em bh, como sempre eu estou na correria ja 6anos. tive uma cg 99 uma titam 150 e agora a fazer. confesso; o motinha boa so, uai coloco nela toda hora 155km as vezes em declives nas rodovias 160. acredite quem quizer. consumo medio fica em torno de 30por litro, mas bairro a bairro 33.. ela ja esta com 73mil km. custo beneficio com tudo entre durabilidade de pecas e imposto anual eu digo adeus motos menores, que so deu despesas. depois da fazer so outra se possivel 600cc para lazer e status.
    Júnior

    outubro 14, 2010 16:15 Responder

    Você é um “sonhador” ela pode marcar no painel agora real é difícil, você está fora da casinha!!!!!!!!!!!!
    Pois 160km/h é muita felocidade para uma titan 12cv rsrsrssss
wellington motoboybh

dezembro 8, 2009 19:58 Responder

a minha fazer e a cinza 06 73mil km. quando nova ela dava os 140km faciu, hoje 160. detales; ela continua firme e macia e nao vibra nada. estou pensando em na proxima relacao usar pinhao da lander ouvir dizer que bebe mais mas anda muito. ae galera se tiver alguem em bh que precizar do servico de motoboy,? aeroporto e pequenas viagens e so ligar 31 8509.0595 vivo mg
wellington motoboybh

dezembro 8, 2009 20:25 Responder

o importante e cada um olhar custo beneficio de todas pois nao adianta dar 40mil em bmw uzada e deixar de comprar um corsa zero do mesmo valor e com garantia. a yamaha da garantia do seus produtos sem limitis de quilometragens isso ja e um ponto mais que importante do uso do seu veiculo. a concorrencia esta boa a muito tempo a honda aproveitou desta oportunidade. mas hoje esta ficando na lenda, agora nao precizamos mais esperar, o brasil esta abrindo portas e quem diria que os motoboys com as super motos 250cc pra trabalho? isso era so na europa. e entao que vennha a ninja e outras pois agente agradece
Wagxis

dezembro 13, 2009 21:04 Responder

200,250,350cc
Sempre serão Motocas…nunca Motocicletas!
Essa Verdade!
Quem em sã consciencia pagaria 18 mil em uma moto de 250cc?

Ja tinha lido algo em alguns sites gringos agora tenho certeza!
Ninjinha Fail!

Leandro

dezembro 23, 2009 18:42 Responder

Depois de tantos comentários, só tenho uma coisa à dizer: Tenho uma Fazer que peguei em agosto/09 (modelo já com as alterações) e de fato as outras podem ser mais potêntes, mas vamos atravessar a bandeirantes comigo e mostro pra vocês quem chega na frente.
vilmar

dezembro 26, 2009 22:20 Responder

Galera, agora tenho certeza…2a.feira vou comprar minha Ninjinha.

muito vento e abçs a todos…….

babington

dezembro 31, 2009 12:48 Responder

O poder do Vazamento de óleo na CB300R
Estou chateado comprei uma moto CB300R 0 km, para uso em passeio e trabalho, esperando não ter dor de cabeça, sai da concessionária feliz da vida todo faceiro quando após alguns km a moto afrouxou todo o sistema de embreagem, liguei para avisar sobre o problema e iam me mandar um reboque para buscar a moto, mas como tinha que esperar eu fui e apertei, e fui para casa, deixei no outro dia para arrumar, foi que os defeitos começaram a aparecer, andei 3 (três) dias e já aparecerão vazamento no filtro e no motor. Isso com apenas 219 km usados, disseram que tinha vão ter que trocar a junta do cabeçote, com isso ia abrir o motor e verificar o que foi. Tinha uma BIZ que em 2 dois anos com 27890 km rodados nunca me deixou na MÃO não fiz um bom investimento, estou tendo que me virar para trabalhar. Já fiz o pedido de cancelamento da compra, via judicial, por que a concessionária em que fiz a compra diz que não tem o que fazer (CAIOBÁ CAMPO GRANDE MS). Fica aqui a minha reclamação e que todos antes de comprar uma moto pesquisem antes para não passar por frustrações.OBS Atendimento horrível.
Leandro Vieira

janeiro 7, 2010 03:27 Responder

A ninja neste teste esta usando apenas 70% de sua capacdade
Marciano

janeiro 12, 2010 01:01 Responder

na boa, acho q quem esta falando mal da ninja é pq nunca andou , eu tenho uma verde,e putsss, sem noção ,faz 170km/h rindoooooooooooooooooooooo, c liga galera, ninja é ninja sem comentarios, otima moto e nunca vi nenhuma dessas comparadas ae me passando no asfalto ,rsrs pq sera, aff 120 km/h, ta de zuera ne,e ainda tem coragem de falar q foi feito o teste e circuito pequeno , intao n fizesse ne, c liga galera, parem de inveja a ninja ta desbancando todas, so perde pra motos acima de 600cc
abraços
Rafael

janeiro 13, 2010 03:57 Responder

Realmente galera a Ninjinha tah mto bonita…
essas comparações n tem mto sentido… apenas pelo fato dos motores serem 250, 300 no caso da cb,

cada uma dessas foi construida com um objetivo diferente…
quando o assunto é andar na cidade e encarar o transito com agilidade, as motos da yamaha dxam as concorrentes p/ tras… ybr, fazer, sao motos mto macias d se andar…

a kawasaki é construida com um propósito diferente, por isso é mais robusta…

não importa se o preço da kawasaki é 15.500,00 e a outas 11k a 12, a kawasaki vem carenada, fazer e cb300 vem ? a kawasaki tem freio a disco nas 2 rodas, as demais não…

se o assunto for comparar a potencia do motor, pega um opala e fuça até ficar com mais de 500 cv… garanto que ganha de mta ferrari (em potência do motor, apenas) com 450 cv. Mais a comparação desses é absurda…

nao desmerecendo o modelo da honda e o da yamaha que são ótimos p/ seus propósitos, mais o modelo da kawasaki se encaixa p/ quem quer uma moto carenada, de maior presença, e não pode comprar uma R1, Hayabusa…

MARINHO

janeiro 13, 2010 19:13 Responder

E POR ISSO QUE AINDA NÃO ME CONVENCI DE TROCAR MINHA FAZER 05/06 POR OUTRA MOTO.PROVAVELMENTE TROCAREI POR UMA NOVA.
orlando

janeiro 14, 2010 18:51 Responder

LIXO DE REPORTAGEM, TENDENCIOSA, OU O PILOTO DA NINJA É UM PREGO OU FOI COMPRADO, SEM VALIDADE NENHUMA ESSE TESTE, NINJA TEM UM CILINDRO A MAIS, CICLISTICA MELHOR E FAZ MENOS CURVA E TEM RETOMADA PIOR, TEMQ DAR GIRO SEU PREGO !!!
filikoski

janeiro 15, 2010 13:59 Responder

muito bom todos os comparativos!
fico muito triste só com uma coisa,
tenho um a twister ano 2008, quero trocar,
por cb 300, querem me dar 6.500,00 pela troca da cb 300.
twister 250 ano novembro de 2008 unico dono,
deviam estimular na troca e não esfaquiar o mero sonhador!!!
julio cesar nunes

janeiro 20, 2010 18:10 Responder

olha a minha cb 300r não me deixa falando não sei em relação a dos outros miha neguinha modesta parte é FODA ! 162km/h sem sofrer a e com garupa tá bom pra vcs.
    rogerio

    maio 13, 2010 14:17 Responder

    OOOOOOOHH BIXINHO MENTIROOOOSO,ESSA MERDA MAL PEGA 150KM/H QUEM DIRÁ 162KM/H,EU SEI QUE É FODA COMPRAR AS COISAS ACHANDO QUE ESTÁ EM CIMA DA MAIOR TECNOLOGIA E QUANDO SE DEPARA COM A CRIANÇA NAS MÃOS, VÊ QUE NÃO É NADA DISSO , ENTÃO FALA PRA TODO MUNDO QUE FEZ O MELHOR NEGOCIO DE SUA VIDA SÓ PRA NÃO SER ZUADO , PÔ AMIGO SEJA VERDADEIRO DA PROXIMA VEZ TÁ?
Carlon

janeiro 22, 2010 20:05 Responder

A CB300 ficou muito bonita, a FAZER tem um custo beneficio muito bom, mais falando sério, não tem como compara-las com a NINJINHA é até covardia, e, mesmo porque são outro estilo. Tenho uma, é moto para vc curtir uma viagem de final de semana. Realmente ela faz muito sucesso, onde vc para todos querem tirar fotos, fazem perguntas sobre ela, ou seja, onde chega se torna o centro das atenções, mesmo na companhia de suas irmãos ZX-6 e ZX-10, como constumo andar com meus amigos.

Mas cada um tem seu gosto e sua condição financeira, deve comprar a que lhe convier! Vamos curtir o que temos, e os outros que se danem.
Abraços!
Carlon
Barra do Garças-MT

Paulo

janeiro 27, 2010 03:28 Responder

Amigos, que pena, acho que testaram um moto com defeito.
Tenho uma Ninja 500, que pesa 176 Kg, e tem 54,7 cv (e pode ter certeza, é a 500 mais forte se comparada com cb e gs, sem sombra de duvidas. Comprei a dois meses uma 250 com peso no manual de 151 Kg (e sensivelmente mais leve que a minha 500) e tbm, podem estar certos de que não tem nem comparação com cb300 ou Fazer (esta última nem se comenta), por ser uma moto de pequena cilindrada não fiz viajens longas nela, mas com alguns amigos ja puxei ate 80 kms (inclusive na serra do RS) e acreditem, anda bem mais, se mexe bem mais do que a cb e que a fazer, e na velocidade máxima, não sei, pois soh vi sumir no retrovisor as outras duas.
Não falo como apixonado, apenas quero fazer juz, ao que verdadeiramente a moto é.
Na minha opinião, e pelo que conheço estas minhas duas motos, elas são bem superiores as rivais.
Esclareço que não falo em custo/beneficio e sim em uma moto do lado da outra na estrada, sem travas, soh sangue.
Abraço a todos.
Alexandre

janeiro 28, 2010 15:45 Responder

Eu comprei uma CB 300R há 3 meses, já tem 1100 km rodados, já revisada.

Já estiquei todas as marchas por cinco oportunidades e o máximo que deu foi 138 km/h em uma reta longa.

CB 300R que chega a 160 km/h eu só acredito vendo!!!

Fabio

janeiro 29, 2010 17:53 Responder

Comédia esse teste medir velocidade de moto em circuito fechado, ja tive fazer, e conheco a cb 300, vocês só vão ver a velocidade na ninjinha em rodovia, dai vão ver que é uma moto pra estrada, eu comprei uma e nem da pra comparar fazer com ela, é uma moto boa fazer, mas nada igual ninjinha, e outra, cb 300 e fazer otimas pra cidade, ninjinha ad pra usar na cidade mas nao tao a vontade como as outras duas, agora na estrada, só da a ninja
Gabriel

fevereiro 4, 2010 01:59 Responder

Bom amigos, comprei minha Ninja 250R no mês de dezembro passado (Verde e preta, modelo 2010!) e até agora rodei exatos 1946km e o que posso dizer sobre a “Verdinha” é que é uma moto simplismente fora de série, não existem comparativos! Design, desempenho e qualidade de acabamento perfeitos… execelente consumo, muito maneável e perfeita na estrada… tudo que falarem de mal da moto é pura inveja e desconhecimento sobre motociclismo (pra mim motoqueiro é marginal, pois motociclista é quem entende de moto e respeita as leis). Gosto muito da Fazer e acho ela uma moto muito melhor que qualquer Twister ou CB300 (muito fraca por sinal!), que me desculpem os “hondeiros”, já andei em todas! Também já tive por muito tempo GS500 e devo admitir que não sei mais que moto é melhor, se Ninja 250R ou a velha GS500… porém, são propostas diferentes! A Ninja é considerada uma moto superesportiva, e não só pela carenagem, mas pela execelencia de sua tecnologia que em muito supera outras ditas concorrentes… Quanto ao teste de avaliação e comparação deste site, só posso dizer que foi demasiadamente mal feito e muito tendencioso, para não dizer que vergonhoso, pois que o realizou não entende nada de moto!
A Ninja está num patamar acima amigos, impressiona a todos por onde passa… sempre me perguntam sobre a moto e toda vez tenho que dar palestra sobre a mesma: 33cv, dois cilindros, injeção eletrônica, seis marchas… etc! Às vezes enche o saco! Todos os amigos pra quem emprestei para uma volta desdenharam da moto, pois não acreditaram que uma 250cc pudesse ter o desempenho que ela tem… quebraram a cara! Comprei a minha na Impacto Motos de Farroupilha – RS, paguei emplacada R$16.800,00 à vista e estou feliz da vida com a máquina! O preço está na idéia para o nosso país (infelizmente), não é moto pra qualquer um… digo isso porque imagina os “motoqueiros” aloprando pela rua, maior perigo!
Pra quem quer subir para as 600cc ou 1000cc da vida, é uma ótima escola! A motinho exige bastante de quem a pilota, nas curvas é perfeita, excepcional aderência… e quem diria, anda na chuva como se estivesse no seco… os pneus IRC Road Winner são muito bons (melhores que o Metzeler em vários comparativos e quase tão bons quanto Michelin!)
Esqueçam as Kasinski/Hyosung, não se comparam (mas gosto é gosto!)
Muito sucesso e parabéns aos srs. que escolheram a Kawasaki Ninja 250R e aos que ainda a comprarão, podem ir sem medo! Abraço!
    rogerio

    maio 13, 2010 14:27 Responder

    ESSA FOI PRA ACABAR COM ESSES BANDOS DE METIDOS A MOTOLOQUEIROS , PARABEMS PELA SUA ESCOLHA POIS FOI A MELHOR NAO TENHO UMA NINJA MÁS CONHEÇO MUITO DE MOTOS E REALMENTE QUEM CRITICA É POR QUE NÃO TEM BALA NA AGULHA E FICAM SE MORDENDO DE INVEJA MÁS UM DIA ESSES BANDOS DE DESENFORMADOS IRÃO CONHECER MOTO DE VERDADE E AI SIM OS COMENTARIOS MUDÃO,MÁS ATÉ LÁ!!!!!!!
marcondes

fevereiro 6, 2010 00:59 Responder

Bem!

Gosto mto de pesquisar e ouvir opiniões sobre motos. De tanto pesquisar resolvi ter uma Fezer 250cc e não me arrepende. Ainda mais depois dessa pesquuisa. Ela é a mais barata, é tão potente e rápida quanto as outras, mas se destaca no conforto para o piloto e o garupa, além de apresentar melhor utilidade!

Essa moto é a Moto!!!

fui…

Julio

fevereiro 8, 2010 14:39 Responder

Sinceramente, sem puxar sardinha… prefiro a CB300!
alberto

fevereiro 12, 2010 13:11 Responder

Tenho uma fazer 250, mas queria a 300 da yamara, dai a coisa fica preta, poem no bolço qualquer uma delas.
    Viks

    fevereiro 26, 2010 14:32 Responder

    Tem uma yamaha e quer uma honda? Vc eh louco? Honda eh uma merda!!
watlla

fevereiro 12, 2010 22:36 Responder

massa. gostei
tava na duvida entre qua compra mas agora ja sei ajo que vou pega a cb 300, e bonita, bom desipenho, e barata….
lvlvlv a reportagem de voces fou bem legal……
espero que continui fasendo mais reportagens como essas.
    tmb

    março 9, 2010 02:04 Responder

    Watlla antes de gastar dinheiro com moto, vai gastar dinheiro com aulas de língua portuguesa.
    Das 41 palavras que você escreveu 13 estão erradas, isso é 31% de erro, parabéns um recorde.
Marcio

fevereiro 21, 2010 01:12 Responder

Olá a Todos!!

Também tenho uma ninjinha e não desabona em nada!!

Sem falar que quem não conhece de moto não sabe a potencia dela, devido ser bem direcionada sua carenagem a uma moto de alta cilindrada, ela chega a 170km sem forçar muito…

junior

fevereiro 25, 2010 16:05 Responder

Yaee…pessoal

Diante de tantos comentários feitos por vcs
á questões que devem ser consideradas como um
ponto positivo de cada Moto.
Entre os tres modelos citados nos testes respeitando
é claro a opinião de cada pessoa,está obvio que a ninja
bate qualquer uma das outras na sua categoria.
Mais quem tem outros tipos de motos,é claro que a sua sempre vai ser a melhor.
Tenho uma kawasaki ninja 250, olha só trocaria ela por uma suzuki hayabusa…
Bom as outras como moro no japão não tenho muito acesso,mais
descer de uma ninja pra subir nas outras comparadas
nossa no coments…
e sem contar em sua estrutura que as outras não possuem…
Por isso NINJA é NINJA sem comparações

Luiz

fevereiro 26, 2010 03:18 Responder

Não posuo nenhuma das 3 motos testadas…..e nem sou tendencioso a marcas, apenas gosto de MOTO, MOTO BOA. Gostaria muito de adquirir uma Ninja, admito, tenho inveja de vocês proprietários, mas inveja do bem, mas vou de Fazer 2011. O motvo disso tudo? Maior conforto para o garupa e também o $$$. Entretando, se andasse sempre sozinho, não pensaria duas vezes em gastar meus suados cruzeiros numa Ninja. A verde é linda, mas iria de vermelha, já que a azul nunca vi por aqui, CTBA. Acho q Cb uma moto bacana, mas ainda vejo a sua alma de Twister, a qual não gosto. è verdade q me decepcionei um pouco com a nova Fazer……esperava muito mais………mas pensando de forma racional, para os 11k pedidos por ela, não há como entregar coisa melhor, ao menos aqui no nosso país de impostos absurdo. ELa possui tecnologia e design, pena q “esqueceram” aquele escape de Factor nela. Nem tudo é perfeio. Mesmo estando decidido, confesso q irei namorar de perto a Ninja, quero sentir a danada…até pq ela chama muito atenção, coisa q a cb e a fazer não faz. Pode ser dificil de acreditar, mas o q os felizardos dono de uma ninja sentem, eu também sinto com minha pekena máquina. perguntas diferentes, mas a atenção é grande. Tenho uma Neo CVT 2008, e nunca vi ninguém perguntando nada para um dono de Biz, ótima motoquinha por sinal, mas to canso de explicar q não preciso trocar de marchas……no mais, um viva para os donos de Ninja….e ai vou eu Fazer 2011…….já no mês de março!!!!!
Thiago

março 8, 2010 12:07 Responder

Fiz duas vezes a mesma viagem, sou do interior de SP e fui para MT no total da 1208km ida e volta de Fazer 250cc (2006), gastei 2 tanque para ir e 2 para voltar, fui sempre no máximo de velocidade 140 a 155km (Limitador), é uma moto muito confortavel por percorrer 7 horas de viagem, sendo que são 500km de asfalto e 104 de estrada de chão. Não troco ela por nada, mais gostaria de testar uma ninja ou uma kasinski.
fabio cabo frio

março 9, 2010 03:59 Responder

tenho uma fazer 250,comprei zero em 2008,a moto é muito gostosa de pilotar porém tenho percebido perda de potencia,ja levei na yamaha,mas nao deu jeito,coloquei 140km/h na estrada de macae,quando nova,e hoje mau passa de 120km,lembrando que cuido dela melhor do que da minha namorada,fiquei meio decepsionado,vou trocar por uma cb 300
Thiago

março 9, 2010 17:41 Responder

Isso pode ser mecanica, tentou levar em outro lugar ??
Daniel

março 10, 2010 19:05 Responder

Bom em resumo ma tudo que ja li e ouvi sobre as motos, na minha opinião, cada um com seu gosto, a grande verdade é como será usada a moto, no meu caso como sera uso urbano, onde existe milhares de sinalização, lombadas, radares limitando ao maximo de 110km, pedestres atravessando a rua, gato, cachorro, etc… não poderei chegar mesmo aos famosos 180km que estão enchendo a boca para falar da ninjinha, quem sabe para um usuario que vá praticar corrida amadora, um pega ou outra coisa parecida ela sirva neste quezito!!!
comprei uma cb300r e não me arrependo acho o designe mais arrojado e esportivo e mais bonito tambem, mas como disse mno começo cada um com seu gosto, este é o meu e não vamos brigar por isso!!!
parabens a todos os outros usuarios o fato de se adquirir um bem ja é muito gratificante!!!!
Andinho

março 14, 2010 13:26 Responder

Cara!Moto boa mesmo é a twister,abasteço minha moto com premium,n tem fazer nem 300 certo,dou pau em quem vinher,valeu.Quem faz a moto andar + é o piloto.Pode vim quem quizer na arrancada.O q adianta ter uma hayabusa e n saber pilotar certo,vai perder pra uma hornet.
    Bruno Neves

    março 18, 2010 16:53 Responder

    Pra mim oque tu ta falando é uma puta bobagem, vais me dize que tu é um piloto andando numa twisterzinha, nunca deves te subido nem numa 500. E vens dizer “pode vir que quiser” vai te cata, queres corre vai competi na categoria 250 de moto GP com a tua super-mega-ultra e potente twisterzinha. Palhaço, tem uma motinha e que paga de macho e corredor, mas é um lixo que faz “racha” na rua como todo inconsequente e fraco.
alexandre raiol vieira

março 16, 2010 02:41 Responder

comprei uma fazer modelo 2011!!!ela é tudo de bom e muito melhor que a honda cb 300,estou muito satisfeito e vou fazer uma longa viagem de florianópolis ate belem do pará em cima dela!!!!
Sergio ReOli

março 16, 2010 14:17 Responder

Concordo com o Daniel, cada um com seu gosto, sempre tive motos da yamaha, como sempre, mais acabamento, acessórios e preço, a honda felismente agora com um designer moderno mais ainda, falta mais acessórios se compararmos com a Fazer, para quem quiser comprar uma CB300 e depois gastar uma grana com carenagens ou rabetas, creio que a Ninja e uma opção acertada sem falar que é esportiva.

Ainda acho um preço muito caro para estas cilindradas, vou pular mesmo para uma GS500 usada mesmo com baixa kilometragem.

CB300 Carenagem
http://www.falcononline.com.br/forum/index.php?topic=11492.0

Sergio ReOli

março 17, 2010 12:08 Responder

Concordo com o Daniel, cada um com seu gosto, sempre tive motos da yamaha, como sempre, mais acabamento, acessórios e preço, a honda felizmente agora com um designer moderno, mais ainda falta mais acessórios pelo preço se compararmos com a Fazer, para quem quiser comprar uma CB300 e depois gastar uma grana com carenagens ou rabetas, creio que a Ninja e uma opção acertada sem falar que é esportiva.

Ainda acho um preço muito caro para estas cilindradas, vou pular para uma GS500 usada com baixa kilometragem.

CB300 Carenagem
http://www.falcononline.com.br/forum/index.php?topic=11492.0

danilo

março 18, 2010 00:29 Responder

concordoo faltou a comet no test com as três mais na minha opção
eu continuo com a ninja porque elaa deixaa qualquer moto de linha
250 eu tenhoo umaa ñ seu o q tem naquelaa motto eu ñ acreditei quandoo deim 170km na dutra ñ o q em no motor daquela motoo
mais elaa deixa qualquer outraa moto de linha 250 e 300 comendoo poeira parabens kawasaki vc me surpreendeu adorei a ninjaa 250
e pretendo comprar umaa ER6 abraços continhe assim
Mairon

março 21, 2010 03:55 Responder

Espera pela honda fazer uma moto decente eh como esperar pra fazer 18 anos, vc fica nakela vontade e quando chega ve que não é akelas coisas…tenho uma ninja e ela da de dez a zero de estética e de performance nessa cb 300, nem falo da Fazer pq essa so espera a honda fazer algo pra depois copiar e só mudar a lanterna e o farol…

a Ninja é a melhor e chama bem mais atenção
Da pra pega bem mais mulhé do q essa cb 300 fraca.kkkkkkkkk

Cb 300 é moto pra Cegegero

    Bruno Neves

    março 22, 2010 17:11 Responder

    Cara, é deprimente esse teu comentário. Respeito quem compre qualquer uma dessas motos por gostar delas e gostar de duas rodas de verdade. Mas dize que tu compro uma ninja porque chama mais atenção e se pega mais mulher, sinceramente, vai cresce. Tu é o tipo de broxa que anda numa motinha 250 com pneu traseiro mais estreito que o da Fazer e acha que ta em uma moto grande. Se a tua mulher ta contigo por causa dessa porcaria que tu acha ser grande, entao vo chega na CBR 600rr e pega a tua mulher pra mim, eu ou qualquer outro com uma moto melhor que a tua motinha de R$15000.
    Abraço.
Mairon

março 23, 2010 02:10 Responder

fico grilado eh..kkkk querendo ou não..não faço nda pra conseguir mulher elas que se jogam pra anda na garupa achando que eh uma 1000 ou 600, mas elas nem perguntam…coisa boa neh
BRuno estou falando de moto de baixa cilindrada…sei que a Ninjinha não é tudo aquilo mas é uma moto que dentre as de Baixa é a que mais se destaca….se eu tivesse uma 600 pegaria até tuas primas…mas vo dexa pra pega uma 1000 e quem sabe faço tua mãe subi na garupa….

falw

    Bruno Neves

    março 23, 2010 17:11 Responder

    Pois é, mas a coroa gosta mais de carro, mas tem que de cem mil pra cima. Bom já que tu tem uma ninjinha e eu cheguei a cojita compra uma, me esclarece uma dúvida que eu queria fazer nela. Da de por um pneu da largura do da 300 nela?
Deigo

março 24, 2010 14:01 Responder

É… eu já vi algumas Ninjas aqui em Curitiba, realmente da vontade de ter uma. Mas a Sra. disse não.. hauahua!!!
A Ninja não e confortavel como a CB e Fazer pro garupa, e se você é do tipo que adora viajar e leva sempre o garupa (esposa ex) pode esquecer.. que vai judiar.
Mairon

março 25, 2010 02:05 Responder

Da pra por um pneu largo sim….tamanho 180 eu ja vi…fico doida..o bom da kawasaki mesmo ela sendo de baixa cc…os acessorios que da pra por fazem com que ela fique mais chamativa…coisa que a cb 300 nao tem e nem a Fazer…
querendo ou nao chama a atenção neh…
Plinio

março 26, 2010 02:59 Responder

Galera, quer uma moto d responsa, eu tenho uma CB 500 2003, é uma maquina, 190km brincando… adoooooooooro
joan

abril 1, 2010 17:27 Responder

acho a ninja muito linda mas o preço assusta entre a cb300r e fazer 250 prefiro a fazer 250 e so ver o camparativo da revistas duas rodas para decidir pela fazer 250
Onezimo Félix PB

abril 7, 2010 18:28 Responder

Acho que nunca comprarei uma Ninja, Moto esportiva demais é para ficar em pista de corrida e arrancadas. Estava pensando em comprar uma CB 300, e em dúvida quanto a Fazer, Agora, com esse novo modelo 2010/2011, vou é de FAZER mesmo…
Gilberto

abril 11, 2010 23:12 Responder

Para andar na economia a Fazer, tenho uma e muito boa a moto, para ir fazer manutenção e a cb 300 não sai da da mecanica,meu amigo tem uma,.A gente estava na Rodovia Euclides da Cunha perto de Votuporanga SP indo para S.J. do Rio Preto, eu com a Fazer e ele Com a cb300, passou pela gente uma ninja 250 com garupa,nós fomos atráz para pegala, nós sem gArupa, até hoje não vi mais a moto, esse comparativo e uma farsa, olha que demos tudo na nossa motos para pegar a ninja,piloto motos a mais de 30 anos,essa ninja e animal vou trocar a minha fazer por essa maquina abços
Radkin

abril 19, 2010 16:18 Responder

Ae Mairon, tenho uma CG FAN 2010 e tenho mulher e ainda faço meus corre por fora e te garanto que de Ninjinha você não pega ninguém, e outra passa um cara de RD350 e ainda te apavora com a fumacinha 2 tempos rsrsrs…
Vo te falar uma coisa viu, sou CGzeiro por opção, e não fico pagando 15 mil em moto 250 carenada pra pagar de rico sendo que naum passa de 160km/h e paga a moto em 72x pra pagar de gatinho pra mulher rsrsrs…

Agora pra galera racional, a Ninjinha é excelente, moto bonita, chama a atenção e tem um bom desempenho pra uma 250, porém, naum é uma moto pra usar pra ir trampar e voltar, pra usar no dia-a-dia ou coisa parecida, é moto para o final de semana.

Propósitos diferentes, pro meu uso se adequaria a Fazer ou até mesmo uma Twister, mas, ainda sim prefiro minha Fanzinha 40KM/litro…

Então pensem antes de falar…
A galera racional um salve e pros pau no cu feio o Mairon, cresce e vai perder o kbço… de moto e de mulher… trouxa riairairiairairia

Cícero da Silva

abril 26, 2010 20:32 Responder

Sou proprietario de uma Fazer e já testei outras da mesma categoria de cilindrada, pois categoria de dirigibilidade, conforto, economia, arranque, estabilidade e outros itens, não troco minha poderosa Fazer250ie por nenhuma outra. São esses itens que fazem a motocicleta ser aprovada, não o fato de colocar cores agressivas (verde limão ou amarelo ovo) que vai fazer a moto ser mais competitiva.
Não se compara moto numa aquarela e sim na estrada, a 140 km/h.
Wellington

maio 3, 2010 04:25 Responder

Tenho uma kawasaki ninja 250r, tirei ela zero, ja sai com ela da consecionaria, desculpe aos pilotos profissionais, pelo o que vou dizer, mas numa reta com vento contra na estrada, minha moto não andou por menos de 160km/h, sobre curvas ela vem com o pneu trazeiro com tamanho menor que a da Fazer250 e CB300, lembrando que qto mais largos mais aderencia em curvas, eu que ñ sou profissional sei que por motivos fisicos a moto nunca faria uma curva como as do grafico acima de 80km/h, a moto tem um preço alto comparado com as nacionais, mas se tratando de tecnologia Kawasaki quem questiona?, vale lembra, ela tem o preço alto por ser Importada se por um acaso fosse “Nacional”? COMEDIA AS COMPARAÇÕES E OS TESTES, desafio Fazer250 e CB300, pq na estrada deu pena destas e isso nos primeiros 1000km, outra coisa para lembrar uma moto que atinge 190km/h que eu cheguei fazer, 215km com um tanque de cobustivel comum nos primeiros 1000km, acredito que o certo eh fazer comparações com as importadas! ou com as cilindradas maiores.
rogerio

maio 7, 2010 13:24 Responder

caro colegas de site , vi varios testes envolvendo as kawasakis com o piloto Leandro Mello e tive as seguintes conclusoes , esse piloto so anda de hornet , e ama a honda , se ele testasse a cb300R com a Z750 nesse mesmo circuito ele iria dizer que a cb ganharia a briga em todos os sentidos , ate mesmo em velocidade final , isso ficou evidente depois que ele nao soube pilotar a Z750 quando fez testes contra a hornet , ele disse que a Z precisava ficar quase em pe para que podesse reacelerar a motoca enquanto com a hornet ele acelerava fundo com a moto deitada no talo , e com a ninja 250R as retomadas sao feitas em penultima marcha ou seja QUINTA MARCHA , e é muito pesada pois se alcança a velocidade de 160km/h enquanto a QUARTA MARCHA da CB mau chega a 125km/h OU SEJA MUITO REDUSIDA E COM GIRO ALTO. DESCULPE AMIGOS , MAIS ISSO É UM TESTE FEITO POR PROFISSIONAIS OU POR AMADORES?
vagner

maio 9, 2010 04:59 Responder

twister a galo das baixas cilindradas tenho um cb 300 me arrependo de ter vendio uma twister 2008
Renan

maio 9, 2010 18:10 Responder

Mil vezes a ninja……….em um circuito fechado naum dá pra testar a moto adequadamente. Peque uma honda 125cc e a CB 300R não haverá muita diferença, pois num circuito fechado e que tem meno de 1 km de reta, até uma moto menos veloz vence…. vamos fazer uma comparação, vc´s se lembra da primeira corrida que o AIRTON SENNA ganhou?……..? foi em uma pista de muitas curvas(baixa velocidade) e seu carro era um dos piores que tinha na temporada, então concluimos que num circuito desses não dá pra testar motos 250cc…………..por isso que digo a ninja é melhor………já tive a CB 300R naum presta……….troquei pela ninja………..vá numa loja e faça o teste driver e depois fala qual é a melhor………….
    Bruno Nves

    maio 27, 2010 17:22 Responder

    Olá, amigo desculpa mas a CB300 ta longe de ser uma porcaria. Eu tenho uma CB300 2010 e uma R1 2008. Tem que saber conhecer que em relação a moto de alta cilindrada a YAMAHA da Show, mas em baixa cilindrada a Honda é melhor. A CB300 é mais moto que a FAZER pneu linguiça.
    E falando da Ninjinha, realmente é mais moto que a CB300 e que a FAZER até porque tem 2 cilindros. Eu comprei a CB300 porque em estética ela é mais bonita que a FAZER linguicinha e na minha opinião é mais moto, principalmente pra mim que uso ela pra andar todos os dias na volta. Supersport não é pra andar todos os dias, até por causa da posição. Então até parece que eu vou andar curvado todos os dias pra dizer que ando numa 250 com carenagem, pelo amor de deus. Mesmo que eu não tivesse condições de ter uma super esportiva eu não compraria uma 250 que nem a ninja pra andar todos os dias, um por conforto e outro por vergonha na cara.

    abraço.

Gabriel

maio 23, 2010 18:49 Responder

Comprei uma Kawasaki 250R, e realmente uma ótima moto, o problema pelo menos em Goiânia-GO e a consecionária autorizada que não tem peças para reposição…
EX: uma seta custa R$133,00 e demora 20 dias para chegar.
No mais e uma moto show de bola….
CLAUDIO

maio 24, 2010 17:20 Responder

Que teste horrivel!!! Pega uma estrada e faz um teste direito.
Tenho uma ninjinha e a moto é fantastica!
Dei uma volta neste fim de semana e estou muito satisfeito!!
thiago_pnz

maio 26, 2010 22:59 Responder

as 3 motos tem suas qualidades, aprecio todas e naum sou de ficar babando em ovo de marca nenhuma, mais tenho que dizer que esse teste foi comprado e está favorecendo a cb300 (comprado) e o pior que os cara não tem nem vergonha de publicar isso, os dados estam todos errados. uma dica pra quem quer comparar as motos vai no you tube e procura lá, colocaram uma pista pequena pra esconder o potencial da ninja ela da 175 km de final sendo que a 300 corta em 5 marcha antes dos 160e isso se for na descida. 0 a 100km/h a ninja faz em 7 sec. teste totalmente manipulado e comprado.
link do 0 a 100 http://www.youtube.com/watch?v=QOrZiVkIC20
link do 175 km http://www.youtube.com/watch?v=W27sAcdT_7M
tirem suas proprias conclusões…
Agnaldo

maio 31, 2010 14:19 Responder

Ninjinha,Que lixo de moto! Até a Kawasaki está seguindo a estratégia de markete da Honda, Yamanha e Suzuki. Pura enganação, total falta de respeito com os consumidores. Muita maquiagem na moto sem nehuma melhoria real. Que vergonha!
sergio

maio 31, 2010 17:28 Responder

ola.. vendo CBX 200 STRADA 2001 Com documentos 2010 OK E INSPEÇÃO 2010 OK. Somente R$ 3800. Aceito troca por CBR 450.
emaildose@gmail.com
val

junho 9, 2010 00:18 Responder

Boa noite pessoal comprei uma ninja 250r ha uns 15 dias mas por falta de tempo quase não rodei ate agora foram menos de 100 km e mesmo assim ja coloquei 120 km não fui mais por culpa dos radares e no teste eles dizem que ela so da 120 na reta fala serio, estou adorando a moto onde passa chama atençao um abraço a todos
Agnaldo

junho 13, 2010 21:59 Responder

Galera a ninjinha é bonita e é boa moto apesar deste motor ser novidade aqui no Brasil, mas essa moto não chega nem perto da comet 250 GTR EFI (painel digital, pneus largos, duplo freio a disco na dianteira, trazeira mais moderna, motor hysong testado e aprovado à vários anos na Europa e no Brasil, preço mais barato, custo benefício excelente, peças metade do preço-aliás preço conj.relação ninjinha R$1200,00 e a comet é R$596,00 podem apresçar, nas estradas dá show em performance, estabilidade, curvas e final: contudo na arrancada a ninjinha é melhor que a comet 250. Não é propaganda é a pura realidade. Falei.
    Erick

    junho 13, 2010 23:27 Responder

    Nossa cara, na boa….vc vive em q mundo? Olha quantas comets gtr250 estao com problema de bengala, na injeçao, painel digital que apaga do nada !!

    Eu ia comprar uma GTR pq acho mto mais imponente e bonita, mas basta ficar um dia procurando relatos das duas motos e ver q a ninja eh mto mais moto….msm tendo um custo manutençao maior, mas vale mto mais a pena pq nao quebra !

    Alem de andar mais tb, a ninja bota 190 de painel facil com escape full da sarachu…isso sem colocar filtro nem uma vela decente.

    A ninja dah de 1000 a Zero na GTR infelizmente, minha proxima aquisiçao sera uma Ninja sem duvidas !

    Ah e detalhe para a revenda da Kasinski, nem a propria kasinski compra sua moto da msm marca, soh ai da pra ver q eh uma bela bomba.

diego

junho 15, 2010 22:52 Responder

sem comentarios… teste totalmente sem noção, ninjinha melhor moto de medio porte do brasil… n tem cb 300 nem fazer que chegue aos pés da ninjinha. honda esta precisando renovar suas motos,
pelo preco da cb 300 fike com a ninjinha, e pelo preco da hornet vc pega uma z750 a mais vendida da europa…
Agnaldo

junho 19, 2010 03:05 Responder

Erick, Só você tá sabendo de todos esses problemas na Comet, ainda se fosse verdade é sinal que pela proporção de venda em comparação à ninjinha pela lójica teria que aparecer mais motos c/ problemas, pois a comet é disparada na frente em vendas. A ninjinha todos que compram, compram na verdade pela fama, pelo nome “Ninja” que na verdade de ninja não tem nada e muito menos o motor. Aliás o motor ninja nas grandes motos nem tão bons são, pois são probemáticos e abrem o bico fácil fácil, pode perguntar à UM BOM MECÂNICO e que conserta este tipo de moto. Na verdade a ninjinha parece mais um CGzinha carenada com paínel de trator.KKKKKKKK. Arrumem outra moto para competir com a comet porquepor enquanto aquí no Brasil ainda não existe nenhuma à altura.
    Júnior

    outubro 14, 2010 17:06 Responder

    Estamos falando de Kawasaki = tem anos de estrada, pois a Kasinki estou conhecendo agora, pois usa o nome parecido c/ a concorrente para conquistar o mercando……………………….
      Marcelo

      dezembro 15, 2010 14:51 Responder

      Junior

      a Kasinski não usa este nome por ser parecido com Kawasaki, usa pq é o sobrenome do proprietário(antigo dono tbem da Cofap).

nene

junho 20, 2010 17:25 Responder

cara nada a ver esse teste, infeslismente na pratica ñ é isso que acontece ja tive uma fazer e uma tutu 250, a nova ninja que agora sou proprietario depois de muito trabalhar p/ conseguir comprar uma, é uma moto bem diferente desse teste nunca obtive tanta satisfação numa moto de 250cc, e olha que ja tive uma gs500. a ninjinha é exelente, manten 150 com garupa oque nas fz ou tw que ja tive nunca foi possivel, teste é teste né mas coloca na rua e bota pra andar de verdade pra ver realmente as diferenças…somente a que anda igual a ninjinha é a gtr250 que tb é uma otima maquina um amigo tem uma e nas viagens que realizamos anda juntinho, fora isso a fz e tw ja ficaram pra traz é outro patamar de moto,…
Vgon

junho 23, 2010 02:37 Responder

aiii na minha opinião eu acho que ninguem deve ficar fazendo ..
reclamação de cada montadora..
cada 1 deve se satisfazer com a moto que achar melhor ..
cada montadora ira querer quebrar a outra sempre na disputa..
então compre oq querer e já erá ficam querendo dizer que a sua é melhor que a outra.. então fla sério relaxa e curta sua moto numa boa ..sem querer ser melhor ..
flwss valeu !!
carlos

junho 29, 2010 02:05 Responder

Ja andei nestas tres motos em questao,tenho uma CB 300 e estou satisfeito, nao gosto de motos com muita carenagem como a ninja 250, fica parecendo moto do “jaspion” ou daqueles seriados japoneses.. Ela e uma boa moto mais, na minha opiniao, o preço esta elevado para a categoria. Estou juntando dinheiro para comprar uma Hornet, talves este ano ainda, ela me agrada no design, no consumo e na velocidade, e uma moto robusta e sua aparencia ja causa impacto, sem necessidade daquele tanto de carenagem colorida, eu acho que ela vale o preço como a cb300 vale o preço independente de existirem motos de 40, 50, 60 mil reais ou mais, mesmo que eu tivesse 60 mil reais, eu compraria a hornet e gastaria o restante com outra coisa. Ja pilotei motos de 600cc e mais, no entanto a hornet e meu sonho de consumo, e nenhuma opiniao ou foto de outras motos reduziria isto.
Daivson

julho 9, 2010 14:03 Responder

O que me agrada na minha fazer é a maior relação custoXBeneficio e além do mais é uma moto dificil de se ver em oficinas…

tente observar isso!!

william

julho 16, 2010 14:54 Responder

Bom dia a todos, acho um tanto desagradavel a pessoa pra poder dizer q sua moto é boa, tenha q dimunuir ou falar mal de outra, cada um tem seu ponto de vista, e defende seu lado, cada moto tem sua caracterista positiva, depende do ponto de discusão, tenho uma Twister 2003 q tirei zero, mas acho q no geral a Ninja supera as concorrentes, mas todas as 3 motos sao boas opçoes, agora a Honda colocar no mercado uma moto 300 q leva pouca vantagem em performance sobre a 250 da Yamaha foi uma cagada, entre as 2 sou mais a Fazer…Mas sem duvida a Kawa 250 é a melhor opção entre elas, so faltou um opcional chamado ABS, isso a Honda acertou na mosca, item importantissimo em uma motocicleta…Entao gente, defendam seus pontos de vistas sem ofender os companheiro…Abraço a todos
cleider lameira

julho 18, 2010 16:08 Responder

te falo a ninja nao deixa decepisao mas sim emosao esse negocio de identicas e par quem nunca teve uma ninjauma media cilindrada que e superior as suas concorentes sem mas comentarios.
    Bruno Nves

    julho 19, 2010 17:21 Responder

    “DECEPISAO” “EMOSAO”…acho que o que tu entende de moto deve se compara a tua “INTILIGENCIA” e ao teu “PORTUGUEIS” ahahaha.

    Concordo com o camarada Willian, é rídiculo e decepcionante a pessoa ter de diminuir as outras motos para valorizar a sua. As pessoas que fazem isso são as mesmas que andam na Ninjinha 250 e acham que estão em uma 1000 ou aqueles que andam de 125 fazendo estourinho e dando acelerão para tentar (pelo menos) aparece um pouquinho.

    abraço a todos.

renato

agosto 2, 2010 16:29 Responder

Eu tive uma fazer, agora tenho uma cb300, nao tem muito diferença de potencia nao, praticamente a msm coisa. soh estou decpcionado com a cb300, pois fui trocar o pneu traseiro R$400 e o dianteiro R$260, eu acho q eh muito kra pra uma moto de baixa cilidrada e q visa um consumidor q nao tem condições de ter uma 4 tempos.
Ahh fora q fiz apenas 8.000km.
Se querem minha opniao cb300 eh buntinha e td mais, a fazer eh bem mais barata em termos de custo e manutenção e anda a msm coisa.
Ratones

agosto 11, 2010 17:32 Responder

A Ninjinha eh linda msm… Desde o momento em que a vi, me apaixonei.. quero muito uma.. KAwasaki eh outra coisa.. não tem pra ninguem, não da problema, etc.. padrasto da minha muie tem uma Ninja 1100cc.. q isso.. um moooonstro. da coroa em varias motocas e ele msm se amarra na ninjinha.. ele msm fala p eu pegar uma.. Quanto ao pneu traseiro, é mais fino porem faz com que ela ande mais, pois ja vi neguim que colocou um pneu mais largo atras e perdeu um pouco de final..
WELTON

agosto 14, 2010 23:55 Responder

olha eu tenho uma cb 300 r peguei com ela 168 km/h…
eu tenho também uma titan 150 com a minha titan já peguei 140 com ela facinho tbm , quem quer ter cb 300 r é pelo design dela claro a cb 300 deixa na poeira uma titanzinha
mas de final da muito pouca diferença
    Júnior

    outubro 14, 2010 16:23 Responder

    A cb300 “original” mau chega a velocidade de 140km/h, como só a sua chega a 168km/h vc é um sonhador, só se foi rebocado da ninja 250r!!!!!!!!!!!!!!!
Alex

agosto 23, 2010 10:33 Responder

Me desculpem se entendí algo errado, mas aquela velocidade máxima em reta informada para a três motos não está um pouco pequena demais, afinal de contas, qualquer cgzinha de motoboy passa fácil dos 120, que é a marca da Ninjinha. Talvez seja porque a reta deva ser de apenas uns 300 metros, mas que tá esquisito, isto tá, acho que mesmo se for de 300 metros qualquer piloto de final de semana conseguiria uma marca melhor, vindo lançado de uma curva anterior. Seria legal informar qual é o tamanho da reta onde houve o teste.
carlos

agosto 27, 2010 21:01 Responder

da pra ver que esse comparativo foi realmente comprado pois os caras nem entendem de motor a ninja nao tem motor em V mas sim em linha.mediocre esse teste
carlos

setembro 1, 2010 23:23 Responder

opa e a partir de 2009 toda ninja 250r ja é injetada
horleysze

setembro 3, 2010 23:52 Responder

se DEUS permitir irei comprar a ninjinha…esse teste não vai fazer eu muadar de opinão..não sei mas ai tem coisa
horleysze

setembro 3, 2010 23:56 Responder

eu sou apena um aprediz
não sei qual a verdade
natan oliver

setembro 17, 2010 18:30 Responder

Nossa a ninja 250r deixa a cb 300r para tras sim porem tem um custo muito alto , mas para quem gosta de moto esporte nada melhor do que voce compra uma ninja . O teste foi uma simulação nas ruas porem na estrada a Ninja ganha mais uma vez tem videos q chega na casa dos 180 km … Muito boa para uma 250 cc ja das Cb 300r 160/170 km … Sao cerca de 5 mil a mais para uma ninja .O teste do freio Sou mais da Cb 300r pq o freio da Ninja é muito violento mesmo … JÁ ANDEI COM AS 2… FICO COM A KAWASAKI NINJA 250R … UM OTIMO DESEMPENHO NAS RUAS E RODOVIAS ECONOMICA E DEPOIS DOS 7 MIL GIROS GRITA BONITO … OBG
Gabriel

outubro 10, 2010 19:53 Responder

Ola, eu comprei uma FAZER 2011 assim que ela saiu, ja esta com 6000km, a moto é muito boa, muito confortavel e com bom desempenho, eu sou meio pesadinho 96kg, como ando todo dia na rua eu percebo que as cb300 largam um pouco na frente, nada berrante, na reta o maximo que ja consegui foi 144 km/h no painel, pelo painel ser digital não deve ser muito diferente da realidade. Eu so meio zicado, já tomei 3 rala com ela, graças a deus nas 3 quedas não me fiz quase nada, nem a moto. Minha moto anterior (Burgman) tinha freio trazeiro a tambor, eu odiava a perfomance dele. Quando comprei a FAZER que vem com freio a disco trazeiro achei que meus problemas tinham acabado. Realmente o freio a disco trazeiro é ultra eficiente na frenagem, porem ele é ASSASSINO, a destribuição do peso da moto com o piloto se concentra na frente, entao quando freia com vontade no freio trazeiro ela sai SEMPRE de lado. Em 2 das minhas quedas foram devido eu precisar de frear com emergencia, usando freio da frente e de traz,, realmente a moto para soq ela sai de trazeira e deita………………… Como a CB300 tem opção de ABS , vou ver se vendo a minah fazer e pego a CB300 com ABS. Pegar a sem ABS prefiro ficar com a minha mesmo. Valeu ai abraços.
Gabriel

outubro 10, 2010 20:05 Responder

Com relação não ao teste realizado , mais sim o custo benefico entre as 3 ou 4 motos se colocarem as Comet, eu acredito que a FAZER é a melhor opção, é a mais confortavel tanto para o piloto quanto para o garupa, e a mais economica entre elas, é a que tem a manutenção + barata, é a mais barata, o acabamento é de 1° linha, painel digital dela humilha o das outras, e não anda tão menos assim pelo preço elevado das outras. Na minha opnião se for gastar + que 11.000 em uma 250cc melhor guardar uma grana e pegar uma HORNET 2006 que hoje se acha ate por 20.000.
Júnior

outubro 14, 2010 15:33 Responder

ESTAMOS FALANDO DE QUALIDADE = KAWASAKI (JÁ TEM MUITO TEMPO DE ESTRADA E GRANDES LENDAS)
Quanto a tal de KASINSKI FIQUEI CONHECENDO AGORA!!!!!!!
Júnior

outubro 14, 2010 17:08 Responder

Concordo com você!!!!!!
Will

outubro 27, 2010 20:23 Responder

Sufe eh vida galera… e a pop eh a moto mais da hora pop100
Oliveira

novembro 15, 2010 11:31 Responder

Vocês compararam com a Fazer antiga com painel analógico e freio a tambor traseiro. A Nova Fazer tá muito melhor, fora o consumo de 31Km/L e tanque de 19litros de capacidade. valeu.
Marcelo

dezembro 15, 2010 14:37 Responder

Galera…
Foi a época da Honda ser a melhor moto, as empresas estão investindo muito e temos motos que chegaram pra cutucar essas marcas como Honda e Yamaha, estas marcas só são melhores quando nos referimos a motos 125cc(motos do dia a dia), quando se aumenta a potência para 250cc já temos uma briga boa.
Tenho uma Comet GTR 250 e falo que aonde chego todo mundo olha, acham a moto linda e ainda acham que estou andando de 600cc, fora que em estrada a Fazer e a CB300 não dá nem pra brincar parecem que estou andando numa 500cc e eles de 250cc e fraca.
Quem continua querendo motos pra trabalhar ou usam todos os dias comprem uma 125cc ou umas dessas 250cc da Honda ou da Yamaha, mas para quem quer esportividade andem de Comet GTR ou de Ninjinha.
Abs a todos….
Rodrigodoster

dezembro 25, 2010 19:56 Responder

galera é o seguinte, comprei minha CB300 em Agosto/10, elá tá com 21,000 mil já, me arrependi pakas, tinha uma twister250 ano 2007 e ela na descida dava 160KM/h e na subida ficava na faixa de 112KM/H, a Minha CB300 é levemente melhor na subida 117KM/h, mas de final, pode ser reta ou descida, ela dá no maximo 152km/h, mas tem que ser uma descida nervosa, FAZER perde mas naum de muito, mas na boa, meu amigo tem uma ninginha, rapá, nem que eu queira, posso tentar fica no vacuo, oque for, o cara some na frente, achei que era pq eu peso 85kilos e 1,78, e ele é magrelo, trocamos e vi a diferença, puts, vou trocar a cb com certeza, a verdinha pega 170km/h rapidão, e ela tá apenas com 4500km rodados, só achei estranho vc virar o guidão e a frente não, foi estranho mas acostumei de boa, e para os que estão falando mau da ninginha, ande em uma, e deixe de babar ovo pra cb e Fazer, naum que sejam más motocicletas, porem acredito que tem uso diferente, na cidade a ninginha é mais complicada de manobrar, mas de boa, nada impossivel!! espero que ajudei a alguem e que respeitem minha opinião. abç a todos
Raphael

janeiro 19, 2011 10:14 Responder

Tenho um FAZER edição limitada, e em matéria de aparência e moto sempre chamou muito a atenção em todos os encontros que fui com ela. Não tenho nada a reclamar, confortável, boa de curva e o único ponto negativo que tive, na minha moto em particular é que ela bebe D+D+D+ não faz mais que 20 km/l.
Mas não dá pra comparar com a ninja 250, certamente será minha próxima moto, a FAZER LE já está a venda!!!
Sergio

janeiro 30, 2011 16:25 Responder

Tenho um Fazer 2006 cinza, carenagem integral, anda bem pra uso nas “auto” estradas brasileitras, dá pra subir a 120 com garupa e bauleto, 25 km /l , nunca deu oficina, é só bater e pegar estradas….
Marcelo

fevereiro 6, 2011 08:39 Responder

Ja tive a Fazer e agora to com a CB 300 – A HONDA É A MELHOR, SEM COMPARAÇÃO – ALÉM DO DESIGNER O MOTORZÃO HONDA BATE DE 10 A 0 NA YAMAHA… HEHEHE… ABRAÇOS
Sérgio

fevereiro 10, 2011 22:46 Responder

Tenho uma cb300r 2011 muito boa anda bem, não me arrependo da moto, mais cada moto tem seu estilo, a compra depende do gosto e estilo de pilotar de cada um. Pretendo tirar uma ninja mais pra frente, mais ainda tenho duvidas sobre a moto.
juliano

fevereiro 24, 2011 23:58 Responder

fiz teste com todas as 250

nossa

pára, alem de ser a mais linda, a ninja é a mais foda

comprei ela, deixa qualquer outra 250 no chinelo
e a 300 tb

anda emparelhada com a 500…

hehehe

roberval

fevereiro 25, 2011 00:06 Responder

ó, meu sonho é ter uma moto 10.034 cc, da tuca toca, ja ouviram falar?

tem 3 rodas em lnha e final de 78 km/h

Fabian

fevereiro 26, 2011 01:59 Responder

Para!!!!!! Galera….nem sei pq vc(s) perdem tempo com esses comparativos….è tudo comprado….Só da Honda ou Yamaha…e de vez em qdo sobra pra Suzuki…. A Ninjinha é uma excelente moto….da de 10 a zero nas rivais…pena que ela só perde pra COMET GT250R….e perde muitoooo….KKKKK
Querem andar de 250cc com porte e ciclistica de moto grande …pode comprar as COMET(s) …status…andam muitooo e vão ter uma relação custo/beneficio excelente…..Podem falar o que for …tenho 20 anos de motociclismo e para mim a melhor 250cc do mercado é essa>>>> Comet GT250 R<<<<<
Abraços….pra todos…..há!!! e de 600cc…….vou de Comet GT650 R…..que Hornet …que xj…que nada….é Comet pra cabeças……KKKKKKKK
Anderson Zabalia

fevereiro 28, 2011 01:51 Responder

Exelente reportagem ! Praticamente iguais , tirando o visual que dá Nota 10 para a kawa ,Nota 09 para a cb 300, e Nota 07 para a fazer , mas vou de fazer
Lucas

março 14, 2011 18:31 Responder

Legal!
tenho uma CB 300R e se voltasse no tempo compraria novamente..
hehehe ;)
Rafael_Bozo

março 19, 2011 12:35 Responder

Aew galera, td mundo ta falando aki revoltado… mais leiam bem, os testes foram feito em circuito fechado por isso não cortaram giro das motos.
Eu tenho uma fazer faz 4 anos, eu acho q o melhor custo/benificio da categoria é agil, econômica, confortavel, mecânica exelente, porem na estrada falta uma sexta marcha, mais isso não se torna um problema.
A ninjinha um uma esportiva de pequeno porte, acho q a comparação dela com a fazer e a cb é besteira, pq os estilos são diferentes… maisssssssss me surpreendi com a proximidade da cb e da fazer com ela.
Muitos estão falando q a ninjinha da pau nas duas. simmmmmmmm na reta. Mais e no transito? Ou numa serra? tem q ver a qualidade num todo, não apeenas em velocidade final e design.
    Paulo

    março 24, 2011 21:08 Responder

    Pelo preço da Ninjinha não dá para comparar com as outras duas. Não são concorrentes.
Dhuann

março 30, 2011 10:57 Responder

Tenho uma fazer 2007 e dei pau muita 300 e ninjinha hein….
na real oque manda é o piloto o resto é conversa fiada……….
o cara pode ter uma super maquina mais se não sabe toca a maquina ele fica pra traz…

valeu

TYKINHO

abril 2, 2011 15:58 Responder

VABULOZO!!!!!!
Rodolfo

abril 2, 2011 19:47 Responder

A verdade é que ninguém quer dar o braço a torcer que a kawa é praticamente igual às nacionais…
Sim, ela é linda, tecnologia muito foda (15 krpm não é pra qualquer um ^^ ), mas na pista não se mostra tãão mais esportiva que as outras.

Ainda assim pegaria uma kawa… Mas tenho certo receio de motocicletas ;s

Jackson

abril 14, 2011 00:57 Responder

Todo mundo q tem ninjinha tá contanto vantagem, mas se esquecem que a Kawazaki Ninja é importada, outra tecnologia, e a cb não é uma 250 cc. O teste é interessante mas não foi realizado com motos de igual cilindrada e brasileiras, uma de cada tipo… O fato é que olhando esses comparativos e as diferenças entre as 3, a FAZER leva vantagem rasgaaada!!!!
Everton

abril 21, 2011 20:04 Responder

A Humildade sempre Impera!!!

A FAZER 250cc é o melhor custo beneficio!!!

Muito boa essa YAMAHA!

João paulo

abril 28, 2011 17:48 Responder

Boa Tarde..
estO comprando minha primeira moto..e fiquei em duvidas entre a CB 300 E a Fazer..
mas apesar de de ser minha primeira moto..eu ja piloto a 2 anos ..Eu sei é pouco…
mas minha intenção é saber.,… QUAL È A MAIS INDICADA?

Obrigado

Fernando MC

maio 1, 2011 17:21 Responder

Então galera… Tudo vai dpendr do prfil do dono da moto.
No meu caso: gosto d correr “ver a faixa pontilhada virar continua”
E tmbm não sou nem1 ricasso… Comprei a ninja (dpox d muita psquisa) e esto completament satisfeito!
Dois dias atrás levei o velocimetro a uns 180 e poucos km (moto original)!
Em relação as comparações, segue meu resumo das vantagens:
Fazer – barata (unica vantagem).
CB300 – 300cc (o q nem é vantagm já q faz bbr + as outras. E tnho amigos com cb q comprovam).
Ninja – melhor da categoria e ponto. E comprei a minha por 15mil na loja e não 18 como dito.
Comet – velocidade final, mas até alcançar, to em casa.

E pra qm gorta d correr e ta pnsando na cb, se preparem pra fazer pega com titazinhas mexidas!
Abraços

Ricardo

maio 9, 2011 17:26 Responder

Não tem jeito , A Fazer é melhor
Ricardo

maio 9, 2011 17:31 Responder

Cara vc deve guardar a comet no quarto e ficar passando lustra moveis nela , vc vai falar que a comet é melhor que essas tres , se ta delirando . quem te deu essa moto sua Vó ?
Vanderlei

maio 12, 2011 10:50 Responder

Cada um tem q analizar seu perfil….

Eu tenho 1,90m e 107 kg, andei nas três qual moto eu escolhi?

A Fazer, por ser a mais confortável PARA MIM!!!!
Ando 80% do tempo na cidade, por isso para mim a Fazer é melhor, a distancia entre bancos e pedaleiras é maior e a posição de pilotagem é mais ereta.

A cb tem seus defeitos de mecanica Genericos que td mundo sabe mas eu compraria, n comprei q pelo pouco q andei me deu dor nas costas.

Um amigo meu tem uma Kawa 250, p/ ele ela parece uma 1100cc, pois ele é quase um anão… rsrs e para mim ficou parecendo uma mini-moto (eu anulei ela por causa do tamanho) e eu fiquei me apoiando nos braços para pilotar….

Resumindo, quem quer comprar uma dessas motos tem q andar nas três e ver qual se adequa mais ao seu estilo e corpo, n adianta ficar discutindo…. não tem melhor nem pior…. todas são boas!!!!

A moto tem q ser boa p/ mim e não p/ os outros, afinal ninguém vai te ajudar nas despesas com ela…srsrsrs

aderbal

maio 13, 2011 21:26 Responder

não tenho nenhuma das 3 motos, mas esse teste é uma piada.Primeiro que não se pode comparar desempenho em uma pista com curvas lentas, já que a influência do piloto se torna muito grande. Desempenho, estabilidade, frenagem (os freios foram utilizados no teste de desempenho, pode?), retomada (na melhor marcha para moto? Ninguém sabe.) acabam se misturando, e só se pode chegar à conclusão de qual é a melhor moto para se andar o tempo todo nessa pista, pra mim fica difícil pq moro em porto alegre e é bem longe.

A ninja é NATURALMENTE a melhor moto na maioria dos quesitos, PQ É MAIS CARA. Quem está atraz da mesa certamente não teria trazido ela para o Brasil se fosse mais cara e igual às concorrentes. Mas é comum nos comparativos da internet um EMPATE TÉCNICO FORÇADO, na base do ENGODO. Vou falar do TORQUE x POTENCIA, porque sei do que estou falando:

É dificíl para as pessoas entender que aumentando a rotação máxima de um motor, seja de carro, moto, elevador ou até mesmo bicleta o desempenho aumenta nas arrancadas ou na velocidade final ou ainda um pouco de cada um! Porque? Vou dar um exemplo:

Digamos que eu tivesse 2 motos honda. e eu resolvesse alterar uma aumentando sua rotação máxima do motor, sem alterar o torque máximo do motor. A alterada certamente teria o mesmo desempenho no 0 – 100 (com trocas de marcha na mesma rotação). No 0 – 2 km a honda alterada vence, porque tem mais rotação final no motor e também na roda (a transmissão é a mesma).

Digamos que além de aumentar a rotação máxima do motor eu resolvesse mudar a transmissão. Se o motor gira mais posso aumentar a redução da transmissão, ganhando mais torque na roda (o torque no motor é o mesmo). Assim, a minha alterada seria mais rápida do que a original no 0-100. Enquanto a velocidade final seria a mesma para as duas motos.

Se eu fosse mais esperto ainda ou coloria a 6° marcha na minha alterada, assim ela se tornaria mais rápida no 0-100 (as 5 primeiras marchas são mais reduzidas do que na original) e mais rápida na velocidade final (a 6° da alterada certamente é mais longa do que a 5° da original). Então só posso chegar à uma conclusão: AUMENTANDO SOMENTE A ROTAÇÃO DO MOTOR, AUMENTA-SE A POTÊNCIA SEM MUDAR O TORQUE NO MOTOR, DESTA FORMA, A VELOCIDADE DA MOTO É MAIOR EM RETOMADA OU EM FINAL. FATO! SEM ENGODO!

Faltou reta pra ninja sampar 160, e os testes de retomada são feitos sempre em última marcha então a ninja foi sabotada pq possui a 6°. tenho certeza de que se fizessem em 5° ela vencia com folga.

Prestem atenção no que dizem por aí.

Qual moto eu compraria? se tivesse pouco dinheiro a YAHAMA, se tivesse um poco mais a HONDA e se o preço não vai fazer tanta diferença na minha vida, não penso duas vezes,.

Daniel

junho 16, 2011 10:26 Responder

Ridiculo fazer este teste numa pista curta. Andei nas 3 motos e a ninja mata as outras a pau.

Colocar 160kmh numa ninja é facil d+ e passar dos 140 com as outras é loucura.

Fazer curva é questão de técnica e cada piloto vai ter maior facilidade com uma do que com outra. Eu particularmente, me senti muito a vontade com a CB300.

Freiar com a Ninja é como freiar moto grande. Muito muito boa.

Como o amigo acima disse, se tivesse com grana curta, pegaria a Fazer (melhor custo x benefício) a CB300 tem um pouco mais de final e só pegaria ela se pegasse mais estrada. A Ninja só nao me vale se for pra usar diariamente por ser mais esportiva e cansar mais. A suspensao mais firme nao serve pra buraqueira de SP.

Flavio

junho 19, 2011 20:22 Responder

Apesar dos pros e contras de todas as motos, acho que faltou uma coisa muito importante para todos: o preco da manutencao dessas motos.
GABRIEL

junho 24, 2011 17:38 Responder

Muito bom… acho a ninja show de bola… porém a Kawasaki pecou em dois aspectos….
1º – A moto não tem painel digital
2º – A kawasaki tirar de linha a cor VERMELHA.. para mim e a mais bonita….

No mais a moto e tudo de bom….

Geraldo

julho 11, 2011 15:22 Responder

Estou querendo comprar uma moto mais estou enduvida em qual comprar ACB300R ou a Feize250
Qual é a melhor?
Anderson

julho 17, 2011 00:29 Responder

Péssimo comparativo e categorias erradas..
A Ninja 250 compete só com a Comet GTR.
Faser, CB300 e Comet (naked) é outra categoria. A pegada e o apelo são diferentes.
Comparativo entre Comet GTR e Ninja 250 http://youtu.be/BZDYmRuuAZk.
A Ninja tem muito mais qualidade. A GTR acaba ficando na mais aparência
Guilherme

agosto 17, 2011 11:41 Responder

Comecei recentemente com motos. Tenho uma Fazer 2011. Apesar de estar pegando os macetes agora, sou capaz de dar a chave da minha moto p/ qualquer um se eu não passar de 110 km/ na reta com a minha… tenho total ciência de que a velocidade no painel NÃO é a velocidade real mas, eu já bati 142 km com ela (no painel) na reta. Não é possível que o painel minta tanto assim… e ela deve andar +… no youtube tem negu a 153… mas youtube é youtube né… =)
Guilherme

agosto 17, 2011 11:54 Responder

Só p/ efeito de crítica mesmo… cmo eu disse, não manjo muito de motos mas… posso dizer 2 coisas da minha… ela BEBE d+… e tbm, apesar do freio a disco traseiro, ela não é tão boa de parar não… mas isso deve ser relacionado a minha “cabacisse”… abraços!!!
vinicius leal

setembro 5, 2011 10:35 Responder

Na verdade a Ninja nada mais é do que uma moto querendo parecer esportiva, mas por baixo da carenagem tem alguns poneis malditos controlando tudo.
Moto de 250cc carenada nem rola, pagar 20mil numa moto pra não chegar nem 180km, com esse dinheiro é muito mais vantagem investir numa GS500 da Suzuki.
    martin

    setembro 26, 2011 00:23 Responder

    no hables cosas en vano amigo la ninja en plano si te acostas encima del tanque llega a 190kl si no agarra viento de frente ,y la suzuki es una carreta que come mucha gasolina
@joaogdf

setembro 21, 2011 19:35 Responder

bad, ainda fico com a comet, mais lenta em retomadas por causa do peso, mas mais rápida em retas. Além deser mais agradável aos olhos de quem vê. Praticamente identica a comet650
martin

setembro 26, 2011 00:18 Responder

mira yo soy de uruguay y te comento que tenes mucha razon la nijiña es un foguete de verdad ,hablan mal de ella porque en brasil solo le dan para adelante a la honda y la verdad la cb300 es una droga ,es de muy mala calidad ,aca en mi pais andan muchas nunjas valen 8500 dolares que son como unos 13000reales mas omenos
antonio

outubro 1, 2011 17:23 Responder

olá galera, gostei dos comentarios sobre as 3 motos. sem falar mal de nenhuma tenho uma fezer 250 2011 ñ troco por outra do mesmo porte, atende as minhas nessecidades, ja fiz viagem com ela ida e volta 1.800 km 80 l gasolina bom desempenho agora em outubro irei pra fortaleza ce com ela 2.600 km ida e volta pois moro na bahia, pois se tiver que trocar so por uma 600 xj6f da yamaha. abraços!”!!!!!!!!!!.
joaquim

outubro 16, 2011 10:09 Responder

olá amigos , sou amante de duas rodas, mas porém fiquei parado no tempo com uma moto antiga, quero comprar uma nova, gostei desses modelos, estava com duvida ao ver os comentarios,fiquei com mais duvida não sei em quem acreditar.abraço.
Doglas

novembro 14, 2011 17:28 Responder

Olá galera… sou praticante de off road desde os 16 anos, já corri moto-cross e trilhas aqui pelo mato-grosso, atualmente tenho uma tornado, e estou lendo blogs e revistas q falam sobre a ninja 250r e a cb300r e estou louco para comprar uma delas.

Minha dúvida é o seguinte, tenho 1,88cm e 92Kg, dizem q a ninja tem o tamanho de uma cg titan, eu ficaria mto fora do padrão em cima da ninjinha? Aqui no Mato-Grosso nao tem Concessionária Kawasaki, isso seria outro grande empecilho em relação as peças de reposição?
desde já mto obrigado.

dex

novembro 28, 2011 16:46 Responder

ai galera tenho uma rd350 ano 73 nem sete galo pega ela ,tenho a 300 ediçao 2012 tambem ,uma fazer tanto a antiga como a nova tenho a comet ninginha alias tenho 750 mil em moto e sabe qual e a melhor R e aquela que naao te deixa na mao quando mais precisa alias em nosso paiz temos que cumprir as leis de trtansito entao nao adianta teimar a eu ando mais ele anda menos para cam isso ze povinho vamos dar teorias fatos se ajustar contribuir com algo ao proximo apenas isso quer ver maquina tenta acelerar ao lado de uma vucan 98ano depois me fala nao apodar ela e sim arrancar 0,3segundo quase 150 km nao da pe piloto algum consegue arrancar com ela
dex

novembro 28, 2011 16:47 Responder

tenta correr a pe depois me fala qual foi velocidade por hora rerererreee
Ricardo

dezembro 29, 2011 07:00 Responder

Eu vi esse comparativo no Youtube. Achei uma sacanagem com a Ninjinha vocês terem colocado a versão carburada para o teste. Se fosse pra ser assim, por que não colocaram a TWISTER da Honda que é carburada também????
pabllo lyra

janeiro 3, 2012 15:14 Responder

vcs estao esquecendo da lendaria twister que nao quebra como essas motos ai e bate em todas mesmo fora de linha prefiro ela doque todas essas
fogo

fevereiro 2, 2012 10:53 Responder

A ninja é um engano, não corre nem 160, e suas terminações são baratas…
Kleyton

fevereiro 29, 2012 12:04 Responder

Neste circuito e categoria utilizada pelas motos, quem possui mais torque (neste caso monocilindrica) ganha. Na estrada a nijinha sumia na frente das duas.
alessandro

março 31, 2012 22:04 Responder

nao tem jeito!!!!!!!!!!!!!!!!, baixa e alta cilindrada a yamaha tem mais durabilidade que as outras fabricadas aqui no brasil ! a cb 300, {ou alias cbx 250} armengaram a tuister colocou uma roupa nova e aumentaram o cilindro de 250 para 291, conclusao , ganhou um pouco torque, na arracada ela e boa , e na subida tambem , deixando a fazer para tras, terminando a subida meu amigo ai ela peida ,ai a fazer comeca deixar ela para tras aos 138 kms hora ,os colega ai em cima falam que a cb 300 da +de 150 kms hora , eles sonham com isso, ja mais ela atingirar essa velocidada na reta !kkkkkkkkkkkkkkk
claudio

abril 3, 2012 21:22 Responder

bom e tenho uma 300r eu não vejo isso não ando direto no rodoanel ond da pra corre minha 300r ja fez 148km na decida quanto na reta é esse 138 km da sua fazer nunca fiquei pra traz de uma fazer ou twister olha q eu tava de garupa, bom 300r tem 291 cilindros e 26 cv equanto sua fazer te 250 cilindradas e 21 cv fora q a pressa aero dinamica da 300r e menor da fazer, é impossivel pra uma fazer passa uma 300r no pega, enquanto a ninjinha anda mesmo por q eu ja pois 165km nela
David

abril 5, 2012 09:07 Responder

Meu Deus, quanta papagaida.. 120km maximo da ninjinha kkkkkkkkkkkk tem mt 125cc com 13 hp q cola 140km
Marcos

abril 17, 2012 17:49 Responder

Quanta frescura! Compra logo a moto que prefere e para de azucrinar a vida dos outros! Cada um gosta do que gosta e boa! Afinal, o dinheiro é de cada um….
Emmanuel

abril 20, 2012 20:04 Responder

Ola Amigos vcs erraram a velocidade de todas as motos a ninja e a mais rapida de todas mas a fezer anda mais e a 300 tambem em retas , so se o Piloto de vcs forem bem amadores…decepcionei com a pesquisa de vcs lamentavel…..
Maicon

julho 10, 2012 10:15 Responder

Minha twister 2007 tá com 70000 km, viajo com ela pra todos os lados, com minha namorada, com alforges laterais e mala traseira, quero ver alguma dessas fazerem isso (todas tem rabo curto)… A twister é uma moto robusta, que serve para o dia dia e para a estrada, acredito que a fazer também seja, com o diferencial de ser mais econômica!
Anderson Rocha

julho 21, 2012 00:53 Responder

Que coisa,… não colacar a “Kasinski Comet GTR250″ pra não envergonhar a “Ninjinha” foi crueldade!!! Hehehe….
Henrique

janeiro 31, 2013 15:55 Responder

Eu ja Tive a Fazer…. ja viajei bastante de cb300…. e hj tenho a Ninja 250…
Minha conclusão é a seguinte….
Cb300= Marketing…. Boa de vender e só…
Fazer… boa pra ir ao trabalho e dia a dia… Custo beneficio ótimo!
Ninja= Custa…. para manter mais vale a pena… quer viajar… pegar mulher… e correr… compre ela…!
mas é só pra quem anda com 8.000 giros pra cima… quem não é piloto nem se abilita…
e a Comet é uma piada…. ! nem compara com a ninja!
Leave a Comment